6 vantagens do uso de patinetes elétricos

6 vantagens do uso de patinetes elétricos
Os patinetes elétricos invadiram as cidades e estão mudando a forma como as pessoas se deslocam

Os meios de transportes no Brasil estão se transformando. Após o surgimento do Uber, as bicicletas elétricas caíram no gosto dos brasileiros e se tornaram essenciais na rotina. Agora, quem está ganhando corações são os patinetes elétricos, uma maneira barata e sustentável de andar pela cidade.

Embora ainda não esteja regulamentada em grandes capitais, o patinete está presente em 13 cidades brasileiras, e há diversas empresas que fazem a distribuição, como Scoo, Lime, Yellow, Grin, Grow e Ride. Nos Estados Unidos, cerca de 38,5 milhões de pessoas já fizeram viagens nesses veículos.

Para que você conheça mais sobre esse meio de transporte e decida se é uma boa alternativa para a sua rotina, destacamos seis dos seus principais benefícios.

​Patinetes elétricos não agridem o meio ambiente. (Fonte: Freepik)

1. É prático e fácil de usar

Diferentemente de carros e motos, que precisam de combustível, documentação, carteira de habilitação e estacionamento seguro para garantir a locomoção, os patinetes são práticas e fáceis de usar.

Normalmente, podem ser encontrados em diferentes áreas da cidade, e para utilizá-los basta usar um aplicativo no celular para desbloquear o equipamento. Após o uso, eles podem ser paradas em qualquer lugar.

Além disso, como a transação é feita pelo aplicativo, o pagamento só é realizado quando a fatura do cartão de crédito vence, assim você não precisa se preocupar em sempre ter dinheiro na carteira.

2. É rápido

Com velocidade de até 40 km/h, os patinetes são velozes e possibilitam a locomoção de maneira ágil, principalmente porque os usuários não ficam parados no trânsito.

3. Proporciona a prática de exercício físico

O patinete proporciona também a prática de exercício físico, já que em alguns casos você precisa fazer uma pequena caminhada para encontrar a sua. Além disso, os usuários trabalham com equilíbrio, cálculo de distâncias, desvio de rotas, entre outros aprendizados.

4. É seguro

O transporte é seguro desde que você siga as recomendações de uso. O primeiro passo é respeitar o limite de velocidade exigido na sua região, além de circular apenas onde for permitido.

Uma dica extra: procure sempre utilizar acessórios de segurança, como capacete e luvas.

5. É mais barato que outros meios de transportes

Seja alugado ou comprado, o patinete elétrico pode ser mais econômica do que outros meios de transporte, principalmente se você depender dele para se locomover pela cidade.

Os modelos alugados são cobrados de acordo com o tempo de uso. Se você está pensando em adquirir o seu próprio patinete, a longo prazo pode ser muito econômico, já que a manutenção tem baixo custo. Os valores nesse caso variam entre R$ 800 e R$ 10.000.

6. Bateria de longa duração

Por serem pequenos e não necessitarem de muita energia, os patinetes são uma excelente alternativa sustentável. Uma carga completa do dispositivo, por exemplo, equivale à mesma quantidade de energia usada em máquina de secar roupas por 5 minutos.

Regras do Código de Trânsito para uso de patinetes

​Patinetes elétricos se tornaram alternativa ao trânsito das grandes cidades. (Fonte: Freepik)

Para regulamentar o uso nas cidades e resguardar a segurança do usuário e da população, os municípios podem criar ou modificar as normas de uso dos patinetes. Os padrões citados no Código de Trânsito são:

  • velocidade permitida em ciclofaixa e ciclovia: até 20 km/h;
  • velocidade permitida em calçada: até 6 km/h;
  • uso de capacete: indicado, mas não obrigatório.

Evento de Mobilidade - Evento de Mobilidade - Summit Mobilidade Estadão