Summit Mobilidade

Como o ChatGPT pode impactar a mobilidade urbana brasileira?

19 de abril de 2023 3 mins. de leitura
Dinâmico e adaptável, o ChatGPT tem muito a contribuir com a ampliação da oferta de serviços estratégicos

A inteligência artificial tem muito a contribuir na otimização dos recursos presentes, atuando em diversos campos e oferecendo diferentes perspectivas que há pouco tempo pareciam distantes demais da realidade, como observado nos veículos autônomos.

Apesar de estarem inseridos em um campo desafiador, carros e caminhões autônomos têm potencial de tornar o transporte mais eficiente. E muito dos avanços observados nesse meio de transporte se devem ao uso da inteligência artificial, que pode auxiliar tanto no deslocamento quanto no monitoramento e no controle do tráfego.

Para se ter uma ideia do potencial benefício de ter tarefas mais complexas realizadas com autonomia, há uma amostra interessante: Pittsburgh, nos Estados Unidos, ao adotar uma rede de semáforos inteligentes, conseguiu reduzir em 40% o tempo de espera, em 26% o tempo de deslocamento e em 21% as emissões de poluentes nos veículos.

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
ChatGPT pode se adaptar a diferentes usos, tendo potencial para tornar o deslocamento mais eficiente. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Possíveis aplicações para o ChatGPT na mobilidade

Acompanhar como as pessoas se deslocam é um passo importante para promover avanços, além de oferecer mais segurança. O ChatGPT promete ter formas bem dinâmicas de auxiliar nesse sentido. A ferramenta, que é baseada em inteligência artificial e foi desenvolvida pela OpenAl, auxilia na obtenção de informações e na realização de tarefas diversas.

Na mobilidade, o ChatGPT pode atuar na integração de serviços e na automatização do atendimento ao sanar dúvidas e fornecer informações precisas em tempo real sobre uma série de aspectos, que vão do tráfego aos índices de poluição, apoiando condutores, empresas e entidades governamentais que precisam processar dados mais robustos e ter informações precisas.

Uma vez integrada às fontes de dados, a ferramenta também seria útil para fornecer recomendações personalizadas de deslocamento, já que ela pode aprender usando viagens realizadas como base, além de gerar alertas se houver alguma emergência no caminho.

Leia também:

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Crescente adoção da inteligência artificial em ferramentas pode ampliar oferta de serviços personalizados. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Ampliando possibilidades na mobilidade urbana

De forma geral, a inteligência artificial abre um universo de possibilidades sob diferentes aspectos, seja aprimorando a realização de tarefas, seja ao auxiliar a identificação de tendências e realizar análises preditivas. Ao mesmo tempo, a inovação que o ChatGPT propicia contribui com a geração de novas oportunidades e a expansão de serviços no setor.

Afinal, em meio à necessidade de ter um tempo de resposta menor para questões que demandam atenção mais imediata, é importante contar com a constante capacidade de evolução — que é uma das principais vantagens —, fazendo que se adapte a diferentes usos e abordagens e transformando a mobilidade.

Fonte: Forbes, Intertraffic, Carnegie Mellon University, Mobility Innovators

175561cookie-checkComo o ChatGPT pode impactar a mobilidade urbana brasileira?