Summit Mobilidade

Copa do Mundo: como os jogos do Brasil afetaram o trânsito das cidades?

2 de janeiro de 2023 3 mins. de leitura
A Copa também marcou as ruas com fluxo intenso de veículos nos dias dos jogos do Brasil

No Brasil, a Copa do Mundo é acompanhada pela população com bastante entusiasmo, fazendo que empresas reajustem os horários e o comércio abra as portas para um maior público durante as partidas da Seleção, demandando também das companhias de trânsito a realização de operações para facilitar o fluxo de automóveis nas vias mais movimentadas.

Enquanto no Catar a proibição do consumo de bebidas alcoólicas incomodou os torcedores, no Brasil a realidade apresentava um panorama oposto, em que bares figuraram entre os principais locais escolhidos pela população em diferentes cidades. Em São Paulo (SP), por exemplo, as ruas dos bairros Pinheiros e Vila Madalena, que abrigam boa quantidade desses estabelecimentos, sofreram mudanças nas regras de estacionamento.

(Fonte: Freepik/Reprodução)
Empresas liberaram funcionários no horário dos jogos, deixando o comércio mais movimentado durante as partidas. (Fonte: Freepik/Reprodução)

Operações nos dias das partidas

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), as operações adotadas tinham o objetivo de manter as regiões livres de congestionamento e permitir o fluxo mais leve no entorno. Pensando nisso, foi modificada a operação das linhas de ônibus nos dias dos jogos da Seleção.

Em São Paulo, 100% da frota passaram a operar três horas antes do jogo. Nos dias em que os eventos ocorreram mais cedo, também foram organizados mais veículos para circular após o término das partidas, visando a atender ao público nessas datas.

Ainda assim, para quem usa o transporte público, os dias de jogos se tornaram mais movimentados, já que com a grande quantidade de funcionários sendo liberados mais cedo o horário de pico mudou de turno: como resultado, houve registros de ônibus lotados e tráfego intenso em várias cidades do País, como observado em Belo Horizonte (MG).

Leia também:

(Fonte: Pexels/Reprodução)
Congestionamentos aconteceram antes e depois das partidas do Brasil na Copa. (Fonte: Pexels/Reprodução)

Grande fluxo de veículos nas cidades

Em Doha, capital do Catar, um cenário semelhante se formou no primeiro jogo da Copa do Mundo, em que os trajetos renderam congestionamentos de horas. Como resultado, parte do público chegou ao estádio em cima do horário da partida.

Assim como nas demais disputas do Brasil, em 9 de dezembro, data do último jogo da Seleção, contra a Croácia, a lentidão no trânsito começou antes da partida, com registros em várias cidades. Em São Paulo, já era possível perceber até mesmo maior movimento de carros em direção ao litoral.

A fiscalização também foi reforçada nesses períodos em Fortaleza (CE), onde a Operação Lei Seca atuou de forma preventiva, conscientizando a população nas regiões mais movimentadas da cidade.

Fonte: Estadão, Prefeitura de Fortaleza

159270cookie-checkCopa do Mundo: como os jogos do Brasil afetaram o trânsito das cidades?