Aquaplanagem: o que é e o que fazer caso ocorra

4 de maio de 2022 4 mins. de leitura
Saiba o que é a aquaplanagem, por que ela ocorre e como agir caso passe por essa situação

Aquaplanagem (ou hidroplanagem) acontece quando há acúmulo de água entre o pneu e o asfalto, impedindo o atrito e fazendo que o carro não responda à direção. Para o motorista, a sensação é a de que o carro está flutuando, e as consequências podem ser gravíssimas. Em 2018, quase 5% dos acidentes registrados no Brasil ocorreram por deslizamento de veículos na pista.

Inscreva-se agora para o Estadão Summit Mobilidade. É online e gratuito!

Durante a aquaplanagem, o veículo fica sem controle, e a aceleração e o freio não funcionam. Diversas medidas de segurança devem ser tomadas para evitar o fenômeno; conheça-as e saiba como agir caso ele ocorra.

Cuidados com os pneus

Pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os pneus devem apresentar uma profundidade mínima dos sulcos da banda de rodagem, que são marcas geométricas presentes neles, aquelas que vão se perdendo conforme eles vão ficando “carecas”. Sua função é expelir a água que entra em contato com pneu, garantindo que o atrito com o asfalto não se perca.

Detalhe dos sulcos da banda de rodagem de um pneu. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Detalhe dos sulcos da banda de rodagem de um pneu. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

A profundidade mínima legal dos sulcos da banda de rodagem é de 1,6 milímetro, porém especialistas afirmam que abaixo dos 3 milímetros a capacidade de frenagem em pistas molhadas já diminui drasticamente.

Pneus mal calibrados também aumentam o risco de aquaplanagem. Isso ocorre porque, quanto mais murcho fica o pneu, maior é a área de contato dele com a água, dificultando a expulsão do líquido.

Leia também:

Como recorrer das multas no Detran?

Carros a diesel: por que são proibidos no Brasil?

O que são modais de transporte?

Como prevenir a aquaplanagem?

1. Reduza a velocidade quando a pista estiver molhada

Os pneus que estiverem dentro da capacidade técnica ideal serão capazes de expelir até 30 litros de água em um segundo com o veículo a 80 quilômetros por hora. Conforme a velocidade aumenta, a capacidade de expelir a água diminui; portanto, nada de exagerar na velocidade quando estiver chovendo.

Se você precisar pegar a estrada, prepare-se para gastar mais tempo e viajar em segurança. Quando estiver chovendo, a dica é dirigir com velocidade 30% menor do que o limite indicado.

2. Mantenha em dia a manutenção do carro

Além de manter pneus em bom estado e calibrados, itens básicos do veículo, como freios, precisam estar com a manutenção em dia.

3. Tome cuidado com as poças

Caso não seja possível desviar de uma grande poça de água, a dica é colocar o carro em primeira ou segunda marcha e rodar por cerca de 30 segundos pisando forte no acelerador. O atrito entre as peças gera calor e pode secar pastilhas, discos, lonas e tambores.

O que fazer em caso de aquaplanagem?

Algumas decisões podem reduzir os riscos de aquaplanagem. Em primeiro lugar, deve-se tentar manter a calma e evitar pisar no freio, pois o travamento das rodas pode piorar a situação. Espere a velocidade diminuir sozinha e segure firmemente o volante. Movimente levemente o volante de um lado para outro até sentir que o contato com a estrada e a tração voltaram, então diminua a velocidade e siga dirigindo com cuidado.

Apesar dos riscos, caso a aquaplanagem ocorra é importante manter a calma e tentar seguir as indicações. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Apesar dos riscos, caso a aquaplanagem ocorra é importante manter a calma e tentar seguir as indicações de segurança. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Em casos em que um acidente ou uma colisão sejam iminentes, deve-se puxar o freio de mão (freio de emergência). As rodas traseiras podem gerar a aderência suficiente para frear o veículo, que poderá ficar sem direção.

Fonte: Pneubest, Conti, Moura, Sompo

Quer saber mais? Confira aqui a opinião e explicação dos nossos parceiros especialistas em Mobilidade.

Este conteúdo foi útil para você?

132010cookie-checkAquaplanagem: o que é e o que fazer caso ocorra