Summit Mobilidade

Como pedalar na infância em meio aos riscos viários?

9 de dezembro de 2020 3 mins. de leitura
Entidades do setor defendem que a bike tem um papel fundamental no desenvolvimento infantil

Incentivar o uso da bike entre as crianças é um excelente caminho para garantir o acesso dos pequenos à cidade e torná-los mais próximos de um dos modais que mais devem crescer em meio à retomada verde.

Já conhece o Estadão Summit Mobilidade Urbana? Saiba o que rolou na última edição do evento.

Mas é quase automático que surja uma preocupação em relação à segurança. Isso porque, nas médias e grandes cidades, as vias são pensadas para os carros, por isso mesmo adultos ciclistas enfrentam um ambiente que oferece perigos. Frente a isso, o que fazer para que as crianças pedalem de forma segura?

Avaliar riscos

Em vez de afastar as crianças da rua, cidades líderes em políticas de ciclomobilidade apostam no desenvolvimento da avaliação de riscos. (Fonte: Shutterstock)
Em vez de afastar as crianças da rua, cidades líderes em políticas de ciclomobilidade apostam no desenvolvimento da avaliação de riscos. (Fonte: Shutterstock)

Segundo uma campanha da entidade Bicicleta nos Planos, não há dúvidas sobre os benefícios da bike, mas há muito receio sobre o fato de tirar as crianças da frente da TV. É por isso que, em vez de deixar as crianças trancadas, a ONG entende que é necessário ensinar desde a infância a avaliar os riscos — e nesse sentido a bicicleta pode ser uma oportunidade em vez de um problema.

Segundo o relatório, “ao contrário do senso comum, uma criança segura não é uma criança totalmente protegida e sim uma criança competente, que acessa riscos e é capaz de conviver com incertezas, reconhecendo suas responsabilidades e habilidades tanto físicas como emocionais”. E a prática da bike consegue contribuir para isso. 

Cases

Essa perspectiva aparece no planejamento das áreas mais amigáveis à bike. Em vez de cercear os espaços de ciclomobilidade, cidades como Amsterdã, referência mundial no assunto, criaram políticas para inserir a bicicleta no cotidiano de pessoas de todas as idades.

Outro exemplo é a Alemanha. Nas cidades de Münster e Freiburg, as crianças recebem treinamento para pedalar no meio urbano com autonomia, aprendendo a gerir o risco de forma prática em trajetos com pedalada supervisionada.

Projeto auxilia crianças a pedalar de forma segura em Florianópolis.
 Projeto ajuda crianças a pedalar de forma segura em Florianópolis (Fonte: Prefeitura Municipal de Florianópolis)

No Brasil, um exemplo disso ocorre em Florianópolis, onde membros do projeto Bicicleta na Escola ensinam crianças da rede municipal a pedalar com segurança. Esse trabalho permite conciliar um aumento na atividade física a uma melhora na saúde infantil, como também no engajamento geracional às bikes.

Fonte: Criança e Natureza, PMF.

Conheça o maior e mais relevante evento de mobilidade urbana do Brasil.

89940cookie-checkComo pedalar na infância em meio aos riscos viários?