Hidrogênio pode ser o combustível sustentável de que precisamos

Hidrogênio pode ser o combustível sustentável de que precisamos
Diante das limitações dos veículos elétricos, o hidrogênio desponta como a melhor solução para o futuro

Segundo dados do Ministério do Meio Ambiente, embora a cada dia mais passageiros e montadoras tenham se mostrado mais atentos à diminuição na emissão de combustíveis poluentes, apenas no Brasil ainda há em média 36 milhões de veículos contribuindo para esse alarmante quadro no País.

Com a proposta de diversificar os meios de locomoção para não sobrecarregar a poluição, tampouco deixar de transportar os brasileiros, a Organização das Nações Unidas (ONU) já está discutindo a possibilidade de ônibus, carros e outros meios movidos a hidrogênio começarem a circular nas ruas.

(Fonte: Toyota/Divulgação)‌‌

Na prática, países como a China já estão apostando pesado nessa solução, com o intuito de promover a expansão de energia verde para automóveis. Esses veículos, movidos através de células de combustível de hidrogênio, e os elétricos representam hoje o futuro sustentável dos meios de transporte.

A Toyota, empresa japonesa, lançou um instituto de pesquisa em parceria com a Universidade de Tsinghua, conhecido como Joint Research Institute, com o intuito de testar tecnologias ecologicamente corretas para aplicação em meios de transporte e para buscar soluções para problemas ambientais.

De acordo com um comunicado divulgado no site oficial da Toyota, a parceria também nasceu com o intuito de tornar as novidades mais acessíveis. “Ao estabelecer o Joint Research Institute, a Toyota e a Universidade de Tsinghua veem uma oportunidade de contribuir ainda mais para o desenvolvimento da China e se tornar uma empresa de mobilidade capaz de atender às necessidades dos consumidores chineses por meio do desenvolvimento e da popularização de veículos equipados com novas tecnologias”.

Consequências do uso dos combustíveis convencionais

A utilização de combustíveis fósseis vem sendo debatida há anos; em uma discussão realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), ressaltou-se que o setor de transportes é responsável por 25% de toda a emissão de gases poluentes.

Vantagens dos veículos movidos a hidrogênio

Além de ser o recurso natural mais abundante no mundo, os carros movidos a hidrogênio oferecem grande autonomia, sendo capazes de percorrer longos percursos e podendo ser reabastecidos rapidamente.

(Fonte: Toyota/Divulgação)‌‌

No futuro, o comportamento do consumidor para o abastecimento desse tipo de combustível não será muito diferente dos demais. Postos poderão se tornar capazes de entregar a solução de modo a receber o gás através de algo semelhante a uma pilha de combustível, provocando a interação com o oxigênio para gerar a eletricidade.

Atualmente, apesar de os desafios para implantação ainda serem muito custosos, principalmente para o transporte e armazenamento do hidrogênio, algumas empresas já apresentaram seus projetos. Entre os principais exemplos, a Hyundai comercializa o modelo Nexo na Europa; a Toyota, desde 2014, tem o Mirai; e a Honda lançou em 2008 o FCX Clarity. Por enquanto, não há perspectiva assertiva sobre a comercialização dos modelos no Brasil.

Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços.

Fontes: Eniday, ONU, Ministério do Meio Ambiente.

Evento de Mobilidade - Evento de Mobilidade - Summit Mobilidade Estadão