Summit Mobilidade

4 tendências de mobilidade urbana em 2023

5 de janeiro de 2023 3 mins. de leitura
Inovações no mundo influenciam a mobilidade urbana brasileira

As tendências do universo da tecnologia andam de mãos dados com diversos setores da inovação, em qualquer segmento. Para 2023, há alguns destaques que prometem estar mais presentes na mobilidade urbana mundial, com reflexos que poderão ser percebidos no Brasil. Confira quatro tendências do setor.

1. Serviços de entrega mais ágeis

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Robótica tem sido adotada como potencial solução para otimizar a operação de serviços de entrega. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

A pandemia de covid-19 ficou caracterizada por acelerar transformações, provocando mudanças na relação de consumo das pessoas, que passaram a buscar maior praticidade e conforto. Como resultado disso, novos hábitos foram criados, repercutindo em inovações em empresas e ditando parte do futuro da mobilidade. Como exemplo, há serviços de entrega realizando testes e utilizando drones e robôs nas operações, visando torná-las mais ágeis, o que se configura como uma tendência para 2023.

2. Carros voadores

(Fonte: Shutterstock/reprodução)
Distâncias curtas poderão ser percorridas rapidamente em um cenário futurista que está cada vez mais próximo. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

A indústria tem apostado no desenvolvimento de carros voadores que poderão ser usados tanto nos espaços aéreos quanto nas estradas. A expectativa é que novos veículos sejam projetados para fazer da oferta de um modelo compacto um meio com potencial de atender a demandas urgentes de deslocamento em pequenas distâncias.

O táxi voador tem sido um dos projetos mais inovadores nesse sentido. Brasil e Índia estão no rol de países que demonstram interesse na tecnologia.

Leia também:

3. Ampliação da frota de veículos elétricos

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Além de poder carregar o veículo elétrico em casa, é importante contar com postos de recarga espalhados pelas cidades. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Os carros elétricos estão ganhando maior impulso, como reflexo do crescente mercado na China, e fazendo do Brasil um dos potenciais destinos, ainda que lentamente. O avanço tende a se manifestar por meio de serviços de aplicativos de mobilidade, nos quais o uso tende a ser priorizado.

A maior oferta de estações de recarga também tem papel importante nessa mudança, a exemplo do primeiro posto 100% elétrico do País, entregue em São Paulo na segunda semana de dezembro.

4. Avanços em conectividade

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Conectividade é aliada de processos de inovação no setor de mobilidade. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

O 5G deve gerar ainda mais velocidade de acesso à internet, mostrando o potencial de promover diversos recursos de conectividade nos carros mais modernos e abrindo espaço para que o uso dessa tecnologia seja adotado em um número maior de veículos. Presente nas capitais, a conexão deverá ser levada para mais cidades brasileiras ao longo de 2023.

Como vantagens, o 5G garante maior taxa de transmissão de dados, reduzindo a latência da rede de forma substancial e apresentando desempenho superior que pode se adaptar a diversas finalidades, como na indústria, no comércio, em serviços, na estruturação das cidades inteligentes e mesmo para uso pessoal.

Fonte: Forbes, Estadão

162751cookie-check4 tendências de mobilidade urbana em 2023