LEDs ajudam a otimizar a mobilidade urbana no Brasil e no mundo

LEDs ajudam a otimizar a mobilidade urbana no Brasil e no mundo
Aplicações envolvem as mais variadas ideias criativas e inovadoras, com foco na mobilidade e na segurança das pessoas

Em várias regiões do planeta, cidades que já estão pensando no futuro têm trabalhado na criação de sistemas e soluções que tornem a mobilidade urbana algo mais fluido, seguro e menos estressante.

Um claro exemplo disso são as luzes de LED. Essa tecnologia está sendo usada nas mais diversas áreas e com os mais variados objetivos. A seguir, listamos alguns exemplos práticos que auxiliam na mobilidade urbana por meio de LEDs.

Iluminação de vias públicas

No Brasil, já existem cidades que têm substituído as lâmpadas dos postes das suas principais vias pelas de LED. A cidade de Arapongas, no Paraná, fez uma substituição envolvendo 224 novas unidades, portanto é um claro exemplo desse modelo de modernização.

Nesse caso, as luzes de LED podem contribuir potencialmente para o aumento da segurança de motoristas e pedestres, em especial por melhorar a visibilidade nas vias.

(Fonte: Prefeitura de Arapongas/Reprodução)

Geração de energia

A empresa britânica Pavegen desenvolveu uma alternativa muito criativa do uso de LED para melhorar a mobilidade urbana, promovendo uma iluminação eficiente nas cidades do País. Trata-se de um ladrilho, aparentemente normal, mas com uma grande diferença: ao ser pisado, ele começa a trabalhar na geração de energia elétrica — que, por sua vez, é direcionada para a iluminação de diversos espaços públicos que também usam LED.

Essa tecnologia já foi instalada no aeroporto de Londres, na França e aqui, no Brasil, na favela Morro da Mineira, no Rio de Janeiro. A ideia é que o sistema seja instalado em locais onde haja um fluxo muito grande pessoas. Assim, os passos podem ser usados como a base da geração de quantidades significativas de energia.

Trânsito de pedestres

No município de Santana, localizado na Região Metropolitana de Macapá (Amapá), a tecnologia “+Light Line” já está em pleno funcionamento. O sistema de LED instalado no chão do asfalto alterna as cores das luzes entre vermelho e verde. Ele foi colocado em cada ponta da faixa de pedestres de forma a chamar a atenção dos pedestres para quando o sinal está fechado ou aberto, otimizando a mobilidade urbana e aumentando a segurança de todos.

Esse mesmo tipo de tecnologia também está sendo usada na cidade de Bodegraven, nos Países Baixos. Por lá, as luzes ficam nas calçadas e na posição da linha de visão das pessoas que andam olhando para baixo, provavelmente distraídas enviando alguma mensagem pelo smartphone.

(Fonte: Conselho da Cidade de Bodegraven/Reprodução)

Segurança de ciclistas e pedestres

Em Copenhague, capital da Dinamarca, o LED foi usado para criar postes de sinalização para ciclistas. O objetivo é deixar mais claro quem tem prioridade no momento. Por exemplo, quando um ônibus estaciona em seu ponto, os LEDs se acendem por toda a extensão da ciclovia para indicar que os pedestres estão com a prioridade. Quando o ônibus segue viagem, uma faixa na cor verde surge, mostrando que o caminho está livre.

A tendência é de que o uso do LED na mobilidade urbana continue crescendo durante os próximos anos. Além da economia e da durabilidade, as tecnologias desenvolvidas em torno desse tipo de recurso podem ser usadas em ambientes diversos de cidades de qualquer porte, o que amplia ainda mais sua gama de aplicações.

Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços.

Fontes: Sinfra, Innovator, Nature.

Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços.

Evento de Mobilidade - Evento de Mobilidade - Summit Mobilidade Estadão