Principais dificuldades na popularização de carros elétricos

Principais dificuldades na popularização de carros elétricos
Com vários benefícios para as pessoas e o meio ambiente, os veículos elétricos são ótimas opções para locomoção

Ônibus, carros ou vans, os veículos elétricos oferecem uma série de opções, e seu funcionamento é muito benéfico para o meio ambiente.

Entretanto, há uma série de barreiras que esse tipo de tecnologia enfrenta para que consiga se estabelecer; algumas das mais comuns são os altos investimentos, a falta de incentivo e de recursos, as licitações muito rigorosas e o deficit de informações.

Tudo isso acaba contribuindo para que esse tipo de transporte não seja adotado com a devida eficiência.

Benefícios dos veículos elétricos

Mesmo que os investimentos iniciais sejam altos, o baixo custo de manutenção traz uma ótima relação custo-benefício. São veículos silenciosos, estáveis e confortáveis tanto para quem dirige quanto para os passageiros.

Menos poluição atmosférica e sonora traz mais qualidade de vida para a população, e assim um ciclo de desenvolvimento a partir da popularização de veículos elétricos se torna possível. Como esses transportes funcionam por meio de uma energia renovável e limpa, é muito mais fácil contar com um ambiente que ofereça melhores condições de vida para a população.

Entretanto, o uso desse tipo de transporte ainda é pouco utilizado. No Brasil, é praticamente inexistente, apesar de alguns testes para ônibus já terem sido realizados em Minas Gerais. E alguns fatores específicos contribuem para tais dificuldades.

(Fonte: Zen Car/Divulgação)

Maiores dificuldades para o transporte elétrico

Trata-se de uma tecnologia que ainda é muito nova, o que acaba gerando desconfiança e altos gastos para sua popularização. Além disso, outro problema comum é o fato de que a burocracia de adaptação desse tipo de veículo para as leis de trânsito das grandes cidades acaba sendo grande e dificultosa.

Com exceção da China, onde está a grande maioria dos veículos elétricos, faltam políticas públicas que estimulem o uso desses transportes ao redor do mundo tanto em termos de conscientização como de oferecimento de incentivos.

Assim sendo, é preciso pensar em formas de inserir essa opção tecnológica no cotidiano das pessoas de forma natural e progressiva, para que seja possível aproveitar seus benefícios.

(Fonte: Zen Car/Divulgação)

Outros detalhes importantes

Os veículos elétricos podem cumprir a missão de diminuir vários tipos de poluição, de forma que seu uso pode ser considerado uma grande vitória contra problemas como o aquecimento global, sobretudo pelo fato de colaborar para a diminuição dos níveis de CO2 na atmosfera.

Outros problemas, como desmatamento e crimes ambientais em geral, também se tornariam significativamente menores com a utilização desse tipo de transporte.

Em 2018, as vendas de veículos elétricos cresceram 32% em comparação com o ano anterior, e o uso desse tipo de transporte entre 2011 e 2018 cresceu 80 vezes. No entanto, esse quadro ainda não é suficientemente satisfatório, por isso é necessário pensar nas melhores estratégias para popularizar esses meios de locomoção.

Além de investimentos em informação e tecnologia, a atuação do governo e de órgãos públicos em prol dessa causa também pode fazer uma grande diferença.

Países como a China, que já adota ônibus elétricos em sua frota, e o Chile, que instituiu um plano de mobilidade com esses transportes até 2050, são exemplos disso.

Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços.

Fontes: TecMundo, Meio e Mensagem, WRI, Jusbrasil.

Evento de Mobilidade - Evento de Mobilidade - Summit Mobilidade Estadão