Conheça o Expresso na Perifa, parceria do Estadão com a 99

26 de dezembro de 2021 4 mins. de leitura
Projeto foi criado para dar voz a quem vive nas comunidades periféricas de todo o País

A periferia é notícia com frequência. E quase sempre ela não é boa: baixa qualidade de vida e reflexos da violência urbana são temas comuns nas matérias sobre os bairros mais pobres. Mas como se sente quem passa por isso no dia a dia? Pensando nisso, o Estadão criou o Expresso na Perifa, jornalismo feito para e por quem vive na periferia.

A ideia do projeto é ser um hub multimídia de notícias que reúne o melhor do conteúdo produzido por coletivos periféricos. E isso não significa apenas falar dos problemas a partir de dentro da comunidade, mas também do que ela tem de melhor. Então confira mais sobre o movimento que, desde julho deste ano, cobre a realidade das favelas de todo o Brasil.

Conheça mais sobre as mídias do Expresso na Perifa

O portal reúne produção jornalística de diversos locais do País. (Fonte: Expresso na Perifa/Reprodução)
O portal reúne produção jornalística de diversos locais do País. (Fonte: Expresso na Perifa/Reprodução)

O projeto se divide em quatro eixos principais:

Site

O portal do Expresso na Perifa é o carro-chefe do projeto. Ele apresenta as principais novidades em colunas e matérias das seguintes editorias: cultura e lazer, direitos humanos, educação, meio ambiente e sustentabilidade e segurança pública.

Revista

O Expresso na Perifa também atende quem gosta de ler as principais notícias no modo tradicional. Na primeira sexta-feira do mês, sai a versão impressa da revista do projeto. E melhor: de graça. Todos os meses, são 30 mil edições entregues na capital paulista. Quem não está em São Paulo também pode ler. Nesse caso, é só baixar o PDF que fica disponível no site do projeto.

Podcast

Quem gosta de podcasts também está dentro. O projeto conta com episódios semanais que discutem em áudio os principais temas levantados pela equipe de comunicadores.

Vídeos

Um celular na mão e uma ideia na cabeça fazem milagre. Os vídeos também compõem o Expresso na Perifa. Colaboradores de todo o Brasil podem contar sobre sua realidade por meio deles.

Leia mais:

Projeto de mobilidade amplia o acesso a bicicletas em periferias – Summit Mobilidade

Saiba quem faz o Expresso na Perifa

O projeto é coordenado pelo Estadão Blue Studio, que cria conteúdo e coordena projetos de comunicação para marcas. (Fonte: Estadão Blue Studio/Reprodução)
O projeto é coordenado pelo Estadão Blue Studio, que cria conteúdo e coordena projetos de comunicação para marcas. (Fonte: Estadão Blue Studio/Reprodução)

Quem dá vida ao projeto são coletivos periféricos. Os principais são: 

  • Embarque no Direito, de São Paulo.
  • Favela em Pauta e Perifa Connection, do Rio de Janeiro. 
  • Lá da Favelinha, de Minas Gerais.
  • Periferia em Foco, do Pará. 

Todo o trabalho é coordenado pelo diretor de Projetos Especiais do Estadão Blue Studio, Luís Fernando Bovo, pela gerente de conteúdo, Tatiana Babadobulos e pela jornalista Viviane Zandonadi, editora do projeto.

Além deles, o projeto conta com o apoio do jornalista Juca Guimarães, do pessoal da Barkus Educacional (edtech de inclusão e educação financeira), da Gerando Falcões (rede de fomento a líderes comunitários) e Joel Luiz Costa, advogado e cofundador do Instituto Defesa da População Negra (IDPN).

Apoio

Falar dos problemas da periferia com a cara da periferia é fundamental. E a iniciativa só é possível graças à soma de vários fatores. São parceiros do projeto o Estadão Blue Studio e a 99, empresa de mobilidade e conveniência.

Gostou da novidade? Para ficar de olho nesse ecossistema, é só clicar aqui e conhecer mais sobre a iniciativa.

Fonte: Propmark, Na Perifa.

Este conteúdo foi útil para você?

121990cookie-checkConheça o Expresso na Perifa, parceria do Estadão com a 99