Semana da Mobilidade: o que é e qual é a sua importância

23 de setembro de 2021 3 mins. de leitura
A Semana da Mobilidade integra ações com foco na conscientização da população sobre os meios de transporte mais sustentáveis

Desde segunda-feira (20), uma série de ações estão acontecendo em São Paulo para comemorar a Semana da Mobilidade. Organizadas pela SPTrans e Setram, as atividades foram idealizadas para fomentar debates sobre o trânsito na capital paulista. 

Até esta quinta-feira, as organizações já tinham realizado intervenções com motoristas de ônibus, ciclistas, taxistas e assessores de comunicação das empresas de transporte público.

A Semana da Mobilidade é uma denominação alternativa da Semana Nacional do Trânsito. (Unsplash/Reprodução)
A Semana da Mobilidade é uma denominação alternativa da Semana Nacional do Trânsito. (Unsplash/Reprodução)

A programação está prevista para acontecer até domingo e deve incluir os operadores dos terminais de ônibus de São Paulo. Além disso, a SPTrans está movimentando suas redes sociais com dicas de segurança e informações sobre linhas e serviços que atendem a cidade. 

Uma exposição fotográfica estará disponível no Shopping Light a partir das 10 horas de sábado. Os moradores da capital também podem participar das ações promovidas pela Farah Service, que inclui palestras, recreação e degustações. 

Confira algumas delas a seguir. 

Sábado (25/09)

Evento: Degustação do chá gelado Amém Tea

Local: Amém Café

Horário: das 08h às 14h

Evento: Degustação Isotônico Jungle

Local:  Loja TRILO

Horário: das 8h às 12h

Domingo (26/09)

Evento: Palestra — Como pedalar no trânsito com segurança

Local: Parada Santander 

Horário: das 10h às 12h

Evento: Recreação para as crianças

Local:  Eco Estação CRIA

Horário: das 9h às 12h 

Dia Mundial sem Carro é comemorado durante Semana da Mobilidade

Criado na França, em 1997, nesta quarta-feira (22), foi celebrado o Dia Mundial Sem Carro. Essa data foi criada com o objetivo de conscientizar as pessoas da importância do uso de meios de transportes mais sustentáveis.

Idealizado pelo movimento Sem Carro (Car Free), a data busca incentivar cidadãos do mundo todo a deixarem seus carros em casa e se deslocarem utilizando formas alternativas de transportes, como bicicletas, ônibus e caminhadas. 

Durante a pandemia, o número de ciclistas aumentou exponencialmente nas principais cidades brasileiras. (Unsplash/Reprodução)
Durante a pandemia, o número de ciclistas aumentou exponencialmente nas principais cidades brasileiras. (Unsplash/Reprodução)

Os automóveis são vistos por especialistas como um dos principais emissores de gases poluentes na atmosfera, afetando de forma negativa o ar das cidades e impactando diretamente a saúde da população. 

Desde que foi criado, o Dia Mundial sem Carro foi amplamente adotado pelos países europeus. Em alguns deles, também acontece a Semana Europeia da Mobilidade, na qual diversas atividades e debates são promovidos sobre o assunto.

No Brasil, o movimento começou a crescer em 2001, quando 11 cidades decidiram adotar a data em conjunto. Naquele ano, diversas cidades do país registraram ações comemorativas. 

Em Curitiba, uma marcha de bicicletas foi organizada pela Bicicletada Curitiba sob o lema “vamos todos pedalar juntos por uma cidade mais humana, limpa e saudável”. Em Niterói, a Coordenadoria Niterói de Bicicleta em conjunto com a Fundação Municipal de Educação também organizou um passeio ciclístico pelas principais vias da cidade. Assim, Rio de Janeiro, Jacarepaguá, Caxias do Sul e São Paulo também registraram pedaladas pelas suas principais vias durante o dia. 

Fonte: Agência Brasil, Observatório da Bicicleta, Diário do Transporte, Estadão.

Este conteúdo foi útil para você?

112180cookie-checkSemana da Mobilidade: o que é e qual é a sua importância