Empresa fornece táxis totalmente autônomos na China

4 de julho de 2021 3 mins. de leitura
Carros que operam sem motoristas humanos são chamados por aplicativos e circulam em área limitada de uma cidade

A fabricante Baidu lançou um serviço de táxi que opera totalmente a partir de carros autônomos, conduzidos por um piloto automático e que atuam a partir de uma plataforma conectada ao celular do passageiro. O serviço foi batizado de Apollo e, depois de mais de seis meses de testes, pode ser utilizado por qualquer morador com idade entre 18 a 60 anos.

Apenas começando

Por enquanto, o Apollo está disponível de forma limitada. Os “táxis-robôs” só operam em uma região de 3 quilômetros quadrados na região oeste de Pequim, mais precisamente na área do parque Shougang. O transporte serve para levar pessoas não apenas em um passeio turístico, mas também direto para estabelecimentos diversos, como cafés e hotéis.

O passageiro pode escolher uma entre oito paradas pré-programadas, e cada viagem custa 30 yuan, o equivalente aproximado a R$ 25 em conversão direta de moeda. A frota inicial terá 10 automóveis.

O objetivo da Baidu é expandir aos poucos a área de atuação dos carros autônomos, sendo que o principal objetivo da marca é ser referência em transporte sem condutores humanos durante os Jogos Olímpicos de Inverno — inclusive para levar atletas e organizadores para os locais da competição. Além disso, um novo trem de alta velocidade também é planejado para estrear próximo do início das disputas esportivas.

O interior do carro autônomo da Baidu: logo, nem um condutor estará presente.
O interior do carro autônomo da Baidu: nem um condutor estará presente. (Fonte: Baidu)

O evento está marcado para acontecer em fevereiro de 2022 na capital Pequim. Até lá, outras fabricantes chinesas já devem ter ao menos iniciado os próprios serviços. Dessa forma, estão na briga também a Didi, que no Brasil é dona da plataforma 99, e a WeRide, que foi a primeira do país a obter a licença para fazer testes em rodovias com veículos autônomos.

Como funciona o táxi autônomo?

Para iniciar uma corrida, nada de esticar o braço para um carro que esteja vazio na rua, pois é preciso utilizar um aplicativo para celular e realizar o pedido, assim como em aplicativos de transporte convencionais, como o Uber.

Quando o veículo estacionar, é preciso escanear o código QR presente na lateral dele, confirmando que você é o passageiro que solicitou o táxi. Após entrar nele, é necessário fechar a porta e colocar o cinto de segurança para a viagem iniciar.

O código precisa ser lido pelo celular para confirmar a corrida.
O código precisa ser lido pelo celular para confirmar a corrida. (Fonte: Baidu)

No trânsito, o veículo pratica uma direção defensiva e cautelosa: ele para de forma automática em faixas de trânsito ao identificar pedestres próximos e dá lugar para veículos mais apressados na pista.

Como a legislação é nova e os testes não foram todos concluídos, um funcionário humano da Baidu estará presente nas primeiras viagens. Ele fica sentado no banco do motorista apenas para emergências, sem colocar a mão no volante a não ser que seja extremamente necessário.

Fonte: Baidu, Shangai Daily.

Conheça o maior e mais relevante evento de mobilidade urbana do Brasil

Este conteúdo foi útil para você?

106970cookie-checkEmpresa fornece táxis totalmente autônomos na China