Huawei também entra no jogo dos carros autônomos

30 de setembro de 2019 3 mins. de leitura
Empresa prevê lançamento de carros autônomos até 2021
A Huawei, gigante chinesa das telecomunicações, afirmou que apostará em um novo segmento de negócio e pretende lançar carros autônomos em 2021 em parceria com diversas fabricantes europeias, japonesas e chinesas. O Summit Mobilidade Urbana 2020 será online e gratuito. Inscreva-se! Em entrevista para o Financial Times, Dang Wenshuan, chefe de estratégia da companhia, contou que a marca já está trabalhando na criação de um software de inteligência artificial em conjunto com Audi, GAC Group e fabricantes chineses Beijing New Energy Automobile e Changan Automobile. “Estamos trabalhando juntos para ter um carro que será lançado em 2021 ou 2022 usando esses componentes [de condução autônoma]. Isso será na China, mas não apenas na China… também estará na Europa”, disse.
Fonte: StartSe/Reprodução
A Huawei é hoje a maior empresa de telecomunicação do mundo e já desenvolve inteligência artificial para alguns carros da Audi e Toyota. O modelo da Audi é capaz de se mover por Xangai, a maior cidade da China, obedecendo aos semáforos e respeitando a travessia de pedestres e patinetes. O vídeo divulgado pelo Financial Times mostra uma pessoa dentro do veículo, mas ela estava apenas acompanhando o trajeto e não foi responsável pela condução do carro em nenhum momento. O investimento nesse novo mercado é uma aposta da empresa para ir além da fabricação de smartphones. A expectativa é que os veículos tenham total independência e não necessitem de motoristas, apenas em casos em que o ambiente não seja adequado, como fora de estradas. Quem também está apostando nesse setor são o Grupo Alibaba, Baidu e Tencent, também da China. A ideia é que, com investimento e apoio do governo, o país se torne o pioneiro global em inteligência artificial. Vale lembrar que a empresa segue com uma má relação comercial com os Estados Unidos, sendo proibida de comprar componentes tecnológicos de empresas norte-americanas sem aprovação do governo.
Fonte: South China Morning Post/Reprodução
Já mostrando interesse no ramo automobilístico, durante o Salão do Automóvel de Xangai a empresa divulgou o primeiro sistema com comunicação 5G para carros. A tecnologia possibilitará que os veículos se comuniquem entre si em tempo real. Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços. Fonte: The Telegraph, Financial Times.
Gostou? Compartilhe!