A importância do transporte público para o turismo

22 de maio de 2020 3 mins. de leitura
Um sistema eficiente de transporte público urbano ajuda a promover o turismo

Turismo e transporte são duas coisas indissociáveis; afinal, para viajar, o turista precisa de boas formas de se locomover de um local para outro, e o ir e vir dentro das cidades também é fundamental. A experiência com vias urbanas, sinalização, segurança e até atendimento na compra de passagem influencia a visão do viajante sobre os destinos.

Conheça o maior e mais relevante evento de mobilidade urbana do Brasil

Os próprios meios de transporte podem ser transformados em atrativos turísticos tanto pela infraestrutura quanto pela qualidade dos serviços oferecidos e pelo conteúdo turístico agregado ao meio. O Elevador Lacerda, em Salvador (BA), e o Bondinho de Santa Teresa, no Rio de Janeiro (RJ), são exemplos dessa possibilidade.

(Fonte: Shutterstock)

Papel facilitador para o turismo

A mobilidade urbana tem um papel imprescindível, já que a falta de integração do sistema de transporte urbano pode inviabilizar a existência de um ponto turístico. O transporte público deve oferecer ligação entre as áreas de destino e de origem, como regiões hoteleiras, terminais rodoviários, portos e aeroportos. A integração entre modais também é essencial para que a mobilidade urbana tenha um papel facilitador para o turismo.

Bicicleta elétrica pode ser uma opção em grandes cidades

O transporte, assim, deve permitir a circulação de viajantes em férias, a negócios ou até mesmo por motivos de saúde e educação. Para tanto, a tarifa pública deve ser econômica e acessível a todos os usuários, principalmente se as atividades turísticas não estiverem concentradas em uma única área.

Corredores turísticos

(Fonte: Prefeitura de Curitiba/Divulgação)
(Fonte: Prefeitura de Curitiba/Divulgação)

De modo geral, quando os serviços de transporte público são eficientes para os moradores, também são adequados para a experiência dos visitantes. Ainda assim, a mobilidade urbana dos turistas merece atenção especial. A atividade turística não depende apenas de recursos naturais e culturais mas também de ações de planejamento e gestão que devem incorporar medidas estruturadoras de mobilidade urbana para aumentar a acessibilidade e a atratividade dos pontos de interesse.

Por que o transporte público de Curitiba é copiado no mundo?

Uma das abordagens sistêmicas nesse sentido é a criação de corredores turísticos. A instalação dessas estruturas deve considerar a conservação das paisagens urbanas e naturais como geradores de valorização dos destinos turísticos, de modo a propiciar a percepção de uma identidade do local visitado, fortalecendo a imagem da cidade. Dessa maneira, esses espaços podem se tornar uma força indutora do desenvolvimento social e econômico do local, o que beneficia tanto visitantes quanto moradores.

Fonte: Universidade de São Paulo, Revista Turismo

Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços.

Gostou? Compartilhe!