Summit Mobilidade

Como dirigir à noite com mais segurança?

12 de julho de 2023 4 mins. de leitura
Confira 5 dicas para tornar as viagens realizadas à noite mais confortáveis

Conheça o maior e mais relevante evento sobre o futuro da mobilidade no Brasil.

Mesmo para os condutores mais experientes, dirigir no período noturno pode ser uma tarefa mais desafiadora do que o previsto, a depender da ocorrência de fatores variados que podem interferir durante o deslocamento, como falta de iluminação pública, problemas nos faróis, entre outros. Pensando nisso, confira 5 dicas para dirigir à noite com mais segurança:

1. Manutenção em dia

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Além dos faróis, para-brisa, buzina, freios e pneus devem ser checados periodicamente. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Em se tratando de manutenção, certificar-se de que os faróis do veículo estão funcionando é fundamental não apenas para ampliar a visibilidade, como também para garantir que não ocorra qualquer autuação.

É importante ainda ter atenção ao jogo de lâmpadas utilizado, para que atenda às normas. Isso porque luzes muito intensas podem ter o efeito oposto do desejado ao reduzir o campo de visão do motorista próximo e aumentar o risco de acidentes.

2. Pesquise pela melhor rota

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Não sendo possível evitar de dirigir à noite, é fundamental adotar algumas medidas simples para não ser pego de surpresa durante o trajeto. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Em um país de dimensões continentais como o Brasil, há regiões que ainda contam uma infraestrutura menos consolidada e apresentam vias com iluminação inadequada ou mesmo com pistas danificadas.

Tendo isso em mente, é fundamental buscar dirigir em rotas que ofereçam a melhor condição durante a noite, o que contribui para tornar a viagem mais segura e confortável. Ao realizar a pesquisa, considerar o fluxo de veículos no momento também é uma ação recomendada.

Leia também:

3. Evite sair do roteiro

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Paradas ao longo da viagem devem ser planejadas com antecedência. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Pensar em detalhes é importante para evitar que qualquer tipo de necessidade surja repentinamente e uma pausa no deslocamento se faça necessária. Parar o veículo à noite pode expor o condutor a uma série de perigos, sobretudo a uma eventual ação de criminosos.

Outros cuidados — como salvar o trajeto do GPS, permitindo acessá-lo quando mesmo se não houver cobertura de rede — estão no rol de ações que podem fazer a diferença. Porém, se precisar fazer uma parada, o recomendado é realizar a escolha antecipadamente à viagem, optando por locais que ofereçam segurança e fácil acesso a serviços essenciais.

4. Respeite as leis de trânsito

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Manter uma distância segura do veículo à frente reduz o risco de acidentes. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Ter as vias com menor fluxo de veículos no período da noite não é desculpa para desrespeitar os limites de velocidade, que variam a depender do trecho, ou fazer alguma manobra arriscada, a exemplo das ultrapassagens proibidas.

E considerando ainda que outros condutores podem cometer infrações que colocam em risco a segurança dos motoristas e passageiros próximos, é essencial adotar uma direção defensiva, reduzindo ao máximo o risco de se expor a qualquer tipo de acidente.

5. Acompanhe as notícias e boletins informativos

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Evitar áreas com forte incidência de chuvas é uma medida recomendada. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Durante a noite, há uma série de fenômenos que podem dificultar ainda mais a condução do veículo, forçando o motorista a reduzir a velocidade e, ao mesmo tempo, fazendo com que haja aumento do tempo gasto no deslocamento.

Assistir aos noticiários, bem como boletins meteorológicos e informativos das concessionárias e evitar dirigir em condições desfavoráveis, em caso de sono ou cansaço, são cuidados que não devem ser ignorados.

Fontes: Agência Brasília, Detran SP

193260cookie-checkComo dirigir à noite com mais segurança?