4 tendências para as cidades inteligentes

18 de abril de 2022 3 mins. de leitura
Saiba quais foram as tendências para cidades inteligentes apresentadas durante o Smart City Expo Curitiba 2022

Em março deste ano aconteceu o Smart City Expo Curitiba 2022, oferecendo insights sobre cidades sustentáveis e mobilidade inteligente para o futuro. O evento, que foi realizado no Expo Barigui e recebeu especialistas e investidores de todas as partes do mundo, apresentou inúmeras tendências do mercado de smart cities. Confira quatro dessas ações.

1. Veículos elétricos

(Estadão/Reprodução)
Os carros elétricos doados para a Guarda Municipal de Curitiba receberam uma pintura especial. (Fonte: Estadão/Reprodução)

Apesar de os carros elétricos terem uma tímida presença no Brasil devido ao alto preço, a tendência é que essa realidade mude nos próximos anos. Isso ficou nítido com a presença da Mobilize Beyond Automotive no evento, uma marca do grupo Renault focada em veículos zero carbono.

Inscreva-se agora para o Estadão Summit Mobilidade. É online e gratuito!

Além de levar diversos automóveis elétricos para o Expo Barigui, a empresa apresentou as vantagens que as cidades podem obter com eles, como a não emissão de gases poluentes e a diminuição do barulho em vias urbanas.

2. Inteligência artificial

(Estadão/Reprodução)
Algumas assistentes virtuais estavam em circulação no centro de convenções. (Fonte: Estadão/Reprodução)

Durante o Smart City Expo Curitiba 2022, diversas cidades construíram stands para mostrar alguns projetos que estão sendo executados para torná-las mais inteligentes. Uma característica presente em várias delas foi o uso de inteligência artificial para controlar iluminação, semáforos e segurança pública.

Como exemplo, a prefeitura do Rio de Janeiro (RJ) divulgou a parceria público-privada com a empresa Smart Luz, que visa adaptar a cidade ao conceito de smart city até 2040.

Leia também:

Qual é o caminho para cidades inteligentes mais igualitárias?

Tecnologia e cidades inteligentes são debatidas no Summit Mobilidade 2021

O papel da inclusão digital na construção de cidades inteligentes

3. Destinos turísticos inteligentes

(Estadão/Reprodução)
O Vale do Pinhão foi um dos grandes apoiadores do evento. (Fonte: Estadão/Reprodução)

Uma cidade inteligente também deve considerar os grandes efeitos da globalização para apresentar soluções para turistas e visitantes. Isso levou cidades como Foz do Iguaçu (PR) e Santiago del Estero (Argentina) a divulgar seus atrativos e os principais projetos ligados à mobilidade urbana.

Foz do Iguaçu apresentou a implementação de políticas públicas para facilitar a interação e a integração com turistas antes, durante e depois da viagem, o que vai aumentar a experiência de visitação e posicionar a cidade como um destino turístico inteligente.

4. Interesse pela mobilidade urbana

(Estadão/Reprodução)
Painel eletrônico com as principais discussões realizadas no Smart City Expo Curitiba 2022. (Fonte: Estadão/Reprodução)

Durante o Smart City Expo Curitiba 2022 também foi possível identificar o forte interesse pela mobilidade urbana no Brasil. Além do comparecimento de diversas autoridades brasileiras e profissionais da área, São José dos Campos (SP), a primeira cidade inteligente do Brasil, mostrou seu empenho para enfrentar seus principais problemas por meio da tecnologia.

Quer saber mais de mobilidade urbana? Assista aqui à opinião e à explicação de nossos parceiros especialistas sobre diversas pautas ligadas ao tema.

Fonte: Prefeitura de Curitiba, Tembici, Smart City Expo Curitiba.

Este conteúdo foi útil para você?

130980cookie-check4 tendências para as cidades inteligentes