Summit Mobilidade

5 livros sobre locomoção e direito de ir e vir

6 de janeiro de 2023 4 mins. de leitura
Confira obras que abordam questões ligadas aos meios de locomoção e ao direito de ir e vir

Livros se destacam por promover o acesso a novos pontos de vista, estimular a reflexão sobre problemas que fazem parte da vida cotidiana e fazer pensar sobre a natureza humana. Quando se trata das condições ligadas à locomoção, o caminhar e o direito de ir e vir, há algumas obras que podem oferecer uma nova perspectiva para essas questões. A seguir, confira cinco delas.

1. A história do caminhar, de Rebecca Solnit

A obra dialoga com a história do caminhar, que, apesar de ser uma atividade desvalorizada em um mundo que prioriza o uso de automóveis, é um importante componente da vida em sociedade. Com o poder de promover transformações, a prática se fez presente em diversos movimentos, destacando-se pela expressividade. 

Além de incentivar a busca por melhoria na qualidade de vida, a caminhada é um exercício que pode levar a formas mais próximas de contato com as ruas, revitalizando os ambientes.

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
O direito de ir e vir é abordado sob diferentes perspectivas nas obras sugeridas. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

2. Sovietistão, de Erika Fatland

A autora relata uma visita aos países da rota da seda, em cinco repúblicas da Ásia Central que fizeram parte da União Soviética: Turcomenistão, Quirguistão, Cazaquistão, Uzbequistão e Tadjiquistão. Adentrar esses territórios significa não apenas ter contato com diferentes culturas, mas também observar a busca pela identidade própria que esses países alimentam. 

As situações descritas chamam a atenção para diversas questões, como a limitação da liberdade de expressão, do acesso à informação e do direito de ir e vir em sociedades que ainda hoje exercem um controle mais influente na vida das pessoas.

3. Bicicletas nas cidades: experiências de compartilhamento, diversidade e tecnologia, de Victor Andrade e Letícia Quintanilha

A obra aborda a relação entre as bicicletas e as cidades, bem como o papel do uso desse meio de transporte para a sustentabilidade, sendo capaz de propiciar transformações nos locais em que essa adoção é incentivada, além de ser um instrumento poderoso para promover melhoria na qualidade de vida da população. Fazendo o uso de análises e de estudos de caso no Brasil e no mundo, o livro oferece dados interessantes para pesquisadores e interessados na área de mobilidade urbana.

Leia também:

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
O uso recorrente do transporte público também é assunto no universo literário. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

4. Flâneuse, de Lauren Elkin

Flâneuse chama a atenção para a forma como a presença massiva das mulheres nas ruas e nos espaços públicos se deu de forma gradual, visto que historicamente havia uma série de impedimentos impostos pela sociedade e que reprimiam o pleno exercício do direito delas de ir e vir, tornando o simples ato de caminhar sozinha uma impossibilidade. 

Na obra, a autora também aborda a experiência de vagar pelas ruas em diversas localidades, conferindo ao caminhar uma forma particular de estimular a reflexão, apreciar a paisagem e reivindicar o uso compartilhado do espaço urbano.

5. Ônibus, de Elvio E. Gandolfo

O transporte público está presente na rotina das pessoas em todo o mundo, então é natural que isso possa levar a uma reflexão mais subjetiva acerca da relação desse meio com a vida dos indivíduos. Quem procura uma perspectiva do uso do meio de transporte sob o pano de fundo literário encontra nessa obra páginas de digressões e histórias ocorridas nos trajetos — algumas delas com boas doses de humor. O narrador também aborda a mudança da relação dele com as viagens de ônibus, que passaram a ser apreciadas e se tornaram um convite para a reflexão e a contemplação das paisagens.

Quer saber mais? Confira aqui a opinião e a explicação de nossos parceiros especialistas em Mobilidade.

Fonte: Estadão

159000cookie-check5 livros sobre locomoção e direito de ir e vir