Quais são os trens mais rápidos do mundo?

19 de julho de 2021 3 mins. de leitura
Trens modernos conseguem ultrapassar 300 quilômetros por hora, e alguns modelos se destacam como os mais velozes do mundo

O transporte ferroviário passou por uma revolução quando os trens de alta velocidade surgiram no Japão, na década de 1960 e ficaram conhecidos como high speed rail, em inglês, ou “trem-bala”, na linguagem popular brasileira. O Tokaido Shinkansen, que liga Tóquio a Osaka, era mais veloz do que qualquer outro comboio da época. Mas, em 2021, está longe de ser o mais rápido do mundo, com velocidade operacional de 285 quilômetros por hora. 

À medida que as tecnologias evoluíram e se espalharam, em especial pela Ásia e Europa, foram surgindo novos trens ainda mais velozes do que o Tokaido Shinkansen. Com isso, o título de “trem mais rápido do mundo” passou para um da China, que está investindo pesado nesse tipo de modal desde o início dos anos 2000. Confira o “top 3” da velocidade ferroviária. 

1º: Shanghai Maglev (China), com 431 km/h

O Maglev de Shanghai é o trem mais rápido do mundo, chegando a 431 km/h. (Fonte: Wikimedia Commons)
O Maglev de Shanghai é o trem mais rápido do mundo, chegando a 431 km/h. (Fonte: Wikimedia Commons)

A China assegura a primeira posição com o trem mais rápido do mundo, que viaja a 431 km/h. É interessante observar que não se trata de um trem convencional, mas de um “maglev”, que funciona com levitação magnética sobre os trilhos. A linha, que liga o aeroporto de Pudong à estação Longyang, nos arredores de de Shanghai, começou a funcionar em 2004 e continua em operação.

A tecnologia tem altíssimo custo de operação, mais alto do que outros tipos de trem, mas permite que os passageiros percorram os 30 quilômetros da linha em cerca de sete minutos e meio. Há apenas duas paradas para o Maglev, mas descendo na estação Longyang os usuários podem embarcar direto no sistema de metrô da cidade, com acesso a outros bairros. 

2º: CR400AF/CR400BF (China), com 350 km/h

Os modelos da série Fuxing, desenvolvidos pela China, alcançam 350 km/h. (Fonte: Wikimedia Commons)
Os modelos da série Fuxing, desenvolvidos pela China, alcançam 350 km/h. (Fonte: Wikimedia Commons)

Os trens de alta velocidade chegaram ao país mais populoso do mundo apenas nos anos 2000, mas a evolução da tecnologia na China também foi bastante rápida: esses modelos, lançados em 2016, têm a segunda maior velocidade operacional da lista.

Os trens CR400AF/CR400BF (também chamados de Fuxing) são utilizados em diversas linhas movimentadas da China, como as que ligam Pequim a Xangai ou a Hong Kong. O modelo também será utilizado no sistema de trens de alta velocidade da Ilha de Java, na Indonésia, que deve iniciar sua operação em 2022. 

3º: TGV (França), com 320 km/h

O train à grande vitesse, ou trem de alta velocidade (TGV), é o terceiro trem mais rápido do mundo. (Fonte: Wikimedia Commons)
O train à grande vitesse, ou trem de alta velocidade (TGV), é o terceiro trem mais rápido do mundo. (Fonte: Wikimedia Commons)

Em um ranking elaborado pelo portal especializado FleetLogging, a terceira posição entre os trens mais rápidos do mundo foi compartilhada entre quatro países: o Reino Unido, com seu E320; o Japão, com os Shinkansen da série E5/E6/H5; Marrocos, com o trem Al Boraq; e França, com seu famoso TGV. Todos esses operam com velocidades em torno dos 320 km/h. 

Nesse contexto, a tecnologia francesa se destaca ao alcançar velocidades muito maiores em testes: já chegou a 574 km/h em um deles, em 2007. Desde o início da operação do TGV, nos anos 1980, diversos recordes foram batidos e utilizados como publicidade para a tecnologia. Ainda assim, a operação costuma ser limitada a 320 km/h por questões de segurança e custos.

Fonte: Statista, Fleetlogging.

Este conteúdo foi útil para você?

107911cookie-checkQuais são os trens mais rápidos do mundo?