Carros autônomos chegam a 100 mil viagens pagas em Las Vegas

Carros autônomos chegam a 100 mil viagens pagas em Las Vegas
Serviço de táxi autônomo faz sucesso na cidade norte-americana, mas ainda conta com o auxílio humano para promover segurança

Em 2018, as empresas de tecnologia Aptiv e Lyft fizeram um teste temporário de um serviço de táxi autônomo, analisando a viabilidade do projeto para uma implementação futura. Dois anos depois, o serviço continua disponível e já tem mais de 100 mil viagens pagas, com aproximadamente 98% dos clientes avaliando o serviço com cinco estrelas (nota máxima), de acordo com dados da Aptiv publicados em 11 de fevereiro.

As mais de 100 mil viagens foram feitas em Las Vegas, no estado de Nevada (Estados Unidos), e representam, segundo os responsáveis pelas empresas, um sinal de como será a nova geração de carros e de mobilidade urbana. Pela adesão do público, o teste que deveria ter duração de apenas uma semana ganhou continuidade, fazendo com que a Aptiv aumentasse o investimento para dar suporte ao crescente número de passageiros.

Falha humana pode ter causado primeira morte em carro autônomo

Um exemplo disso foi que a companhia, ainda em 2018, criou um centro técnico para abrigar os veículos e uma equipe de engenharia, que trabalha desenvolvendo tanto sistemas de software quanto de hardware, além de lidar com mapeamento e validação.

Os carros autônomos são monitorados para garantirem o bom funcionamento do serviço
Os carros autônomos são monitorados para garantir o bom funcionamento do serviço. (Fonte: Aptiv)

A Aptiv é responsável pelo sistema de direção dos carros autônomos — todos eles do modelo 5 Series, da BMW. Já a Lyft é a proprietária do aplicativo que conecta o usuário ao sistema de táxi autônomo, assim como qualquer outro serviço de transporte privado urbano.

É importante lembrar que o carro ainda tem um ser humano na direção, para que haja mais segurança, agindo principalmente em entradas de hotéis e estacionamentos. Essa medida é pensada para diminuir as chances de acidentes nesses locais, que são particularmente mais propensos a passagens abruptas de pedestres.

Conheça os 6 níveis de carros autônomos

Esse acompanhamento humano é um dos fatores por trás da adesão dos usuários, pois é uma garantia para quem tem medo de arriscar uma viagem em um carro autônomo.

Las Vegas: um bom lugar para carros autônomos

A famosa cidade turística, conhecida por seus cassinos, é um ótimo lugar para as empresas que desejam fazer testes de implementação de carros autônomos. Isso porque o clima, que é quente no verão e fresco no inverno, impede que haja a incidência de neve e chuvas na região, o que facilita bastante a condução autônoma. Além disso, as ruas são, em grande parte, longas e retas, como é o caso da famosa avenida Strip, que tem quase 7 quilômetros de extensão e contempla os principais cassinos, hotéis, lojas e restaurantes da cidade.

Carro autônomo percorre as ruas de Las Vegas
Carro autônomo nas ruas de Las Vegas. (Fonte: Aptiv)

Esses atributos fazem com que Las Vegas seja um dos lugares preferidos para quem desenvolve esse tipo de veículo, pois é possível promover testes em meio a um grande fluxo de pessoas e em um trânsito em que o carro precisa estar sempre parando. Um exemplo disso é a startup californiana Zoox, que, em 2019, deu início a testes com o intuito de disponibilizar em breve um sistema de táxi autônomo na cidade.

A empresa aposta em Las Vegas por ser um ambiente urbano denso e com cenários diferentes do que aqueles encontrados em São Francisco, na Califórnia, primeira cidade a receber o carro autônomo da marca. Assim, com esse ambiente mais complexo e cheio de atividade noturna, os automóveis podem desenvolver melhor dinâmica, precisão e segurança.

Scania apresenta caminhão autônomo sem cabine

Além disso, é em Las Vegas que ocorre a Consumer Electronics Show (CES), a maior feira de inovação do mundo, que traz as tendências que estarão no mercado no futuro. O evento existe há 50 anos e atrai desde líderes de grandes empresas até pessoas que estão começando a desenvolver seus projetos.

De acordo com o grupo responsável pela CES, ela conta atualmente com cerca de 4,4 mil expositores, tendo mais de 170 mil participantes e mais de 250 sessões de conferências.

Fonte: Aptiv, Tech Crunch, Digital Trends, CES, The Verge, Aptiv

Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços.

Evento de Mobilidade - Evento de Mobilidade - Summit Mobilidade Estadão