Evento gratuito

Carros autônomos transportam testes de covid-19 nos EUA

Carros autônomos transportam testes de covid-19 nos EUA
Iniciativa inédita está acontecendo em uma clínica médica da Flórida com o objetivo de evitar que colaboradores se exponham ao novo coronavírus

A Mayo Clinic, em Jacksonville, na Flórida (Estados Unidos), está realizando muitos testes para a covid-19 em seus pacientes. E os exames estão sendo transportados dos postos de coleta até o laboratório por carros autônomos.

O que é lockdown e como ele impacta a mobilidade?

O objetivo dessa iniciativa, que conta com a parceria da autoridade de trânsito local e duas startups de tecnologia, é transportar os testes com menos intervenção humana, diminuindo os riscos de contágio pelo novo coronavírus dentro da clínica. Além disso, o uso dos carros autônomos permite que mais funcionários se dediquem a outras funções importantes no combate à covid-19.

Fonte da imagem: Jacksonville Transport Authority
Carros autônomos transportam testes de coronavírus para evitar exposição dos funcionários à doença. (Fonte: Jacksonville Transport Authority)

Como os carros autônomos são usados na Mayo Clinic?

A operação começou em 30 de março com quatro pequenas vans fabricadas pela Nayva. Em situações comuns, a startup francesa de tecnologia fornece veículos para serviços de transporte, levando até 15 pessoas em uma viagem; na Mayo Clinic, os carros foram programados para receber os testes da covid-19 no posto de coleta e transportá-los até o laboratório sem motorista.

A van abre as portas automaticamente no início e no fim do trajeto, sendo necessário apenas que um funcionário carregue e descarregue as caixas com os testes. Por precaução, um carro com um motorista humano segue a van autônoma por todo o trajeto; mesmo assim, os líderes do projeto salientam que os veículos autônomos diminuem os riscos de contágio na clínica, principalmente para os profissionais que transportam as amostras.

Como a pandemia afeta o desenvolvimento de carros elétricos?

A experiência pode ser apenas o começo de um movimento em prol dos carros autônomos na Mayo Clinic, como observou Jane Hata, diretora do laboratório de microbiologia da instituição em entrevista para a revista norte-americana Car and Driver.

"O método tem muitas aplicações possíveis no futuro para um transporte rápido e eficiente de amostras do nosso laboratório, mesmo depois que sairmos da atual situação". Ela também destacou que a clínica é um bom ambiente de testes para os carros autônomos, uma vez que tem rotas estabelecidas e pouco trânsito.

A outra startup envolvida no projeto da é a Beep, sediada no norte da Flórida. Ela já importava as vans fabricadas pela Nayva para utilizá-las em projetos de mobilidade em vários locais dos Estados Unidos.

A própria autoridade de trânsito de Jacksonville utilizava uma das vans que agora estão na Mayo Clinic para uma experiência de transporte de passageiros em um corredor de inovação da cidade, também em parceria com a Beep.

Fonte da imagem: Jacksonville Transport Authority
A Beep é uma das startups envolvidas no transporte de exames do novo coronavírus nos Estados Unidos. (Fonte: Jacksonville Transport Authority)

Oportunidades para carros autônomos em meio à crise

Em uma matéria publicada em abril pelo portal de tecnologia norte-americano Mashable, diversos especialistas em tecnologia para carros autônomos afirmaram que a demanda desse tipo de transporte pode crescer muito por conta da pandemia. Afinal, os carros autônomos permitem deslocamentos e entregas sem contato humano, algo que está sendo muito valorizado no momento e continuará em voga no futuro.

Brasil é o país menos preparado para receber carros autônomos

"A crise de covid-19 acelerou a necessidade e a oportunidade para a automação em todos os setores, incluindo o de carros autônomos", declarou Prith Banerjee, CTO da desenvolvedora de softwares de simulação Ansys. Dessa maneira, a experiência na Mayo Clinic é mais um indício de uma tendência que pode estar vindo para ficar.

Em fevereiro, a startup Nuro obteve permissão para fazer testes com veículos de entrega autônomos totalmente sem motorista. Atualmente, a empresa está usando seus carros na Califórnia para entregar equipamentos e medicamentos necessários no combate à covid-19 sem qualquer contato humano.

Fonte: Business Insider, Jacksonville Transport Authority, Mayo Clinic/YouTube

Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços.