Empresas de carros autônomos entregam alimentos durante pandemia

25 de maio de 2020 4 mins. de leitura
Sem poder testar táxis, Cruise designa seus veículos para entregar refeições

Carros autônomos, caminhões, robôs de calçada e ônibus estão saindo dos laboratórios e das garagens de estacionamento para ajudar a fornecer mantimentos, refeições e suprimentos médicos nas ruas norte-americanas durante a pandemia provocada pelo novo coronavírus.

Conheça o mais importante evento de mobilidade do Brasil

Como não são considerados essenciais, os testes de veículos sem motoristas de várias empresas tiveram que ser suspendidos. Porém, o desenvolvimento das tecnologias pode continuar ao mesmo tempo que os veículos se tornam úteis no combate à covid-19.

Entrega grátis durante crise do novo coronavírus

Os veículos sem motoristas estão mostrando como podem ser importantes agora e também em um futuro próximo. Por enquanto, as empresas não estão lucrando com suas entregas, mas estão aproveitando as viagens para colher dados e ganhar experiência com esse tipo de operações.

IBGE antecipa dados sobre mobilidade por causa de pandemia

As iniciativas acontecem no Vale do Silício, região da Califórnia com alto índice de empresas de tecnologia, onde estão sediadas várias fabricantes de carros autônomos, como a Tesla, e outras empresas que contam com apoio de gigantes da indústria automobilística, como General Motors (GM), Volkswagen e Ford.

Cruise da GM

(Fonte: Cruise/Divulgação)
(Fonte: Cruise/Divulgação)

Desde meados de abril, os carros da unidade automobilística Cruise, subsidiária da GM, exibem um sinal de “SF Covid-19 Response” em seus para-brisas, enquanto entregam comida para idosos que têm necessidade, na Califórnia. Ao mesmo tempo em que realizam as entregas, os carros autônomos coletam dados sobre o seu desempenho.

Como a covid-19 estimula o transporte individual

Os veículos, no entanto, não operam sem motorista. Cada carro tem dois condutores de segurança — um usa máscara e luvas para realizar as entregas na porta dos idosos, e o outro verifica se o carro está funcionando corretamente.

Nuro apoiada pelo Softbank

(Fonte: Nuro/Divulgação)
(Fonte: Nuro/Divulgação)

A Nuro, apoiada pelo Softbank, tornou-se a segunda empresa na Califórnia a receber uma permissão para operar um veículo sem motorista em vias públicas. A Empresa está colocando seus veículo R2 para trabalhar na entrega de suprimentos médicos a um hospital de campanha temporário e a uma instalação médica temporária.

Pony.ai financiada pela Toyota

(Fonte: Pony.ai/Divulgação)

A empresa Pony.ai, financiada pela Toyota, está entregando mantimentos a partir da plataforma local de comércio eletrônico e trabalha com a prefeitura californiana para entregar refeições a um programa local de abrigo emergencial.

Outras iniciativas

Além do Vale do Silício, outras iniciativas estão sendo executadas pelo mundo. Ainda nos Estados Unidos, a Beep, fornecedora de serviços de transporte, fez uma parceria com a fabricante de ônibus Navya para transportar os testes da covid-19 de uma clínica da Flórida. No Texas e Arizona, os caminhões autônomos da TuSimple estão oferecendo um serviço gratuito para bancos de alimento.

Mapa de serviços apoia economia colaborativa em BH

Na Rússia, a Yandex disse que a pandemia ajudou a acelerar a assinatura de seu primeiro contrato comercial com a cidade de Skolkovo, um centro de tecnologia, para ajudar a entregar correspondências e pequenos pacotes por meio de seu robô de calçada, Yandex Rover.

Fonte: Cruise, Fórum Econômico Mundial, GM, The Verge, Nuro, Pony.ai.

Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços.

Gostou? Compartilhe!