Quais são os benefícios dos carros elétricos?

6 de maio de 2021 4 mins. de leitura
Carros elétricos são mais sustentáveis e têm menores custos de manutenção quando comparados aos carros convencionais

Os carros elétricos são vistos com bons olhos por especialistas das áreas de sustentabilidade e mobilidade urbana. Eles utilizam um motor alimentado por bateria recarregável no lugar de um motor movido por combustíveis fósseis. 

O Estadão Summit Mobilidade será online e gratuito. Inscreva-se agora!

Popular em países como a Noruega, sua tecnologia ainda está evoluindo para se tornar cada vez mais eficiente. Mas vale a pena fazer a troca? Confira seis benefícios dos carros elétricos. 

1. Menos poluente

Por não terem escapamentos, os carros elétricos não soltam fumaças enquanto se locomovem. (Electrive/Reprodução)
Por não terem escapamentos, os carros elétricos não soltam fumaças enquanto se locomovem. (Electrive/Reprodução)

Ao escolher dirigir um carro elétrico, você estará ajudando a reduzir a poluição do ar causada pelas emissões da queima de combustíveis fósseis. Por não ter um escape, ele não emite gases para atmosfera como um carro convencional. O carro elétrico produz gás carbônico somente durante a sua fabricação.

Algumas fontes de energias não renováveis são utilizadas em alguns países, o que é prejudicial para o meio ambiente — mas, no caso do Brasil, 83% da matriz elétrica do País vem de fontes renováveis, segundo o site do Governo.

2. Mais silencioso

Os carros elétricos têm grande potencial para a redução da poluição sonora das cidades. Os motores elétricos são muito mais silenciosos por não precisarem realizar a queima de combustíveis — o que também proporciona menos ruído e mais conforto interno. 

Em 2019, a União Europeia criou uma lei obrigando as montadoras a incluir um dispositivo de ruído artificial, que surge principalmente quando o carro está em baixas velocidades. A medida é uma forma de garantir a segurança de pessoas com deficiências visuais, que podem não perceber a presença do carro. 

 3. Maior eficiência 

Os carros elétricos se mostram mais eficientes durante congestionamentos quando comparados a carros comuns. Nessa situação cotidiana, o carro precisa andar poucos metros e parar novamente em seguida. 

Esse movimento faz altas doses de combustíveis serem gastas nos carros convencionais, o que não acontece com os elétricos, devido ao fato de o motor consumir energia de forma mais eficiente. Além disso, os avanços tecnológicos têm possibilitado que baterias armazenem cada vez mais energia.

4. Menor custo de manutenção

Os motores elétricos são muito menos complexos que os motores convencionais, visto que não precisam de troca de água, óleo, correias e demais peças, diminuindo o custo de manutenção. Os gastos são cerca de 20% a 30% menores do que em um carro comum. Em caso de conserto, os gastos são 15% mais baixos. 

 5. Menor gasto com abastecimento

Para rodar 200 quilômetros, o consumidor terá que desembolsar cerca de R$ 15. (Shutterstock/Reprodução)
Para rodar 200 quilômetros, o consumidor terá que desembolsar cerca de R$ 15. (Shutterstock/Reprodução)

Os custos para abastecer um carro elétrico são cerca de 3 vezes mais baratos do que os de um carro convencional. A energia elétrica é relativamente mais barata do que os combustíveis fósseis, reduzindo os custos. Além disso, o carro elétrico também não demanda o uso de óleo nos motores, cortando mais um gasto da lista. 

6. Menor gasto com impostos

Como forma de incentivo, em 2014 o governo brasileiro zerou o imposto para a importação de carros elétricos no País. Estados como Maranhão, Paraná, Pernambuco, Piauí, Sergipe, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte concedem a isenção do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O Rio de Janeiro e São Paulo dão 50% de desconto sobre o imposto. 

Fonte: Governo Federal, BBC, Banco BV.

Inscreva-se agora para o Estadão Summit Mobilidade Urbana. É online e gratuito.

Este conteúdo foi útil para você?

102140cookie-checkQuais são os benefícios dos carros elétricos?