Summit Mobilidade

Existe aplicativo que paga para andar?

29 de maio de 2023 3 mins. de leitura
Aplicativos que buscam estimular a prática de atividades físicas por meio de recompensas estão ganhando maior popularidade; entenda como funcionam

Ter um estímulo para caminhar pode contribuir para a consolidação de hábitos mais saudáveis na rotina. Atualmente, alguns aplicativos vendem inclusive a ideia de pagar para o usuário caminhar. Confira, abaixo, o que eles prometem e como realmente funcionam.

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Aplicativos que fornecem recompensas para a prática de atividades físicas se tornaram mais populares, o que exige cuidado. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

1. Sweatcoin

Disponível tanto para utilização em celulares Android e iPhones, o Sweatcoin possui a proposta de remunerar os usuários que caminham e correm. Porém, neste caso, não se trata de uma forma de obter dinheiro, e sim moedas virtuais que permitem a aquisição de recompensas variadas, como cupons de desconto.

Esses cupons podem ser utilizados para obter aulas de atividades físicas e até mesmo para assinaturas de aplicativos de saúde e bem-estar. Nas avaliações disponíveis na Play Store, por outro lado, há usuários que relatam falhas na contabilização das atividades e travamentos.

2. WeWard

Desenvolvido na França, o aplicativo acabou ganhando maior popularidade na Europa a partir de 2019. Com o uso do WeWard para a prática de atividades físicas, o usuário acumula wards, nome dado às moedas virtuais que permitem a obtenção de recompensas.

Uma vantagem destacada pelo aplicativo é que essas moedas podem ser convertidas em vales, brindes e até mesmo em dinheiro na conta bancária. Quanto às avaliações mais recentes, assim como nos outros aplicativos, há relatos na falha da sincronização das atividades, de modo que o app apresente atividade inferior à realizada.

Leia também:

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Diversos aplicativos podem auxiliar no monitoramento das atividades físicas. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

3. Runtopia

Utilizando os dados de geolocalização do aparelho, a proposta do Runtopia segue na mesma direção ao propor o envio de recompensas variadas, como itens esportivos e serviços, a partir de pontos ganhos na prática da mobilidade ativa, com corridas e caminhadas.

Vale lembrar que nas avaliações, por sua vez, também há relatos de falta de itens de recompensas para serem resgatados, o que pode comprometer a experiência de uso.

Cuidados com o compartilhamento de dados

Em meio à busca de ter um registro das atividades físicas realizadas e monitorar os hábitos, há diversas alternativas que fazem isso, algumas delas já instaladas de fábrica no próprio celular, como o app Saúde disponível nos dispositivos iOS.

Para smartphones Android, o app Google Fit é outra alternativa para monitorar os passos e atividades realizadas. Com ele, também é possível configurar metas diárias de atividades, resultando em envio de notificações personalizadas.

Uma vantagem é que ambos permitem a sincronização com dados capturados pelo smartwatch ou smartband. A partir disso, o usuário pode obter outras informações mais precisas sobre a sua performance.

Vale lembrar que, ao instalar qualquer aplicativo, além de considerar a avaliação de outros usuários, é importante ter atenção a política de uso e compartilhamento de dados, uma medida fundamental para evitar o uso indevido ou até mesmo que compras e assinaturas sejam realizadas por engano.

184030cookie-checkExiste aplicativo que paga para andar?