Dirigir sem máscara aumenta riscos de contaminação por covid-19

16 de setembro de 2020 3 mins. de leitura
Motoristas que dirigem sem máscara podem levar multa em São Paulo

Enquanto ainda não existe uma vacina para o coronavírus, a prevenção segue sendo a principal forma de evitar a disseminação da doença. Em ambientes fechados e espaços reduzidos, como o interior de automóveis, o risco de contaminação é grande; por essa razão, o uso de proteção individual é importante, especialmente se o veículo for compartilhado.

Conheça o maior e mais relevante evento de mobilidade urbana do Brasil

Taxistas e motoristas de aplicativos, por exemplo, sofrem maior possibilidade de contágio da doença que os trabalhadores da saúde, de acordo com um estudo realizado pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ).

Riscos de dirigir sem máscara

Uso de máscaras é recomendável mesmo que motoristas estejam sozinhos em automóveis privados. (Fonte: Shutterstock)

O coronavírus é transmitido por meio de gotículas expelidas por tosses, espirros, fala e respiração. O risco existe mesmo que não sejam apresentados sintomas da doença, uma vez que grande parte dos infectados é assintomática, de acordo com cientistas.

Como estruturas urbanas podem se tornar hospitais de campanha?

Alguns estudos apontam que o Sars-Cov-2 pode ficar suspenso no ar por até meia hora; dessa forma, em um espaço fechado e sem equipamento de proteção, a possibilidade de o microrganismo entrar em contato com boca, nariz e olhos aumenta substancialmente. Dirigir sem máscara, portanto, mesmo que o motorista esteja sozinho no carro, eleva as possibilidades de contrair a covid-19.

Medidas para prevenir o coronavírus nos veículos

É importante que o motorista faça a desinfecção periódica do interior do automóvel, para evitar a disseminação da doença. (Fonte: Shutterstock)

Mesmo sozinhos no veículo, é interessante que os motoristas utilizem máscara. É recomendado, ainda, o uso de óculos protetores, para evitar o contato do vírus com os olhos. Já o ar-condicionado deve ser evitado; então, para propiciar maior renovação do ar e diminuir as chances de contaminação, é ideal manter as janelas bem abertas.

Por que diversificar e integrar formas de deslocamento?

As superfícies de contato também devem ser constantemente higienizadas. Existem tecnologias disponíveis no mercado para desinfecção de veículos com a capacidade de proteger o espaço interior contra o vírus por até três dias.

Outros procedimentos

Aplicativos como 99 e Uber adotaram procedimentos para impossibilitar o acesso às plataformas por motoristas sem o devido equipamento de proteção. No caso de automóveis particulares, esse controle deve ser feito pelo proprietário.

No Estado de São Paulo, o motorista flagrado sem máscara pode receber multa de R$ 150 em táxis e veículos de aplicativos. Nos demais carros, o uso de máscara não é obrigatório. A adoção dessas medidas reduz drasticamente a possibilidade de contaminação pelo Sars-Cov-2, tornando o deslocamento mais seguro para todos.

Fonte: Agência Brasil, Estadão Summit Saúde, Center for Disease Control and Prevention, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Confira o que rolou no Estadão Summit Mobilidade Urbana 2020

Gostou? Compartilhe!