6 novas soluções de mobilidade em Mumbai

27 de julho de 2020 5 mins. de leitura
Ampliação da rede ferroviária e ligações marítimas integram novo plano de mobilidade da metrópole

Mumbai é a maior e mais importante cidade da Índia. Localizada na costa oeste do país, a metrópole conta com aproximadamente 14 milhões de habitantes em suas sete ilhas — ou 20 milhões se considerarmos a região metropolitana.

Conheça o mais importante evento de mobilidade do Brasil

Diante desse quadro, é natural que existam inúmeros problemas de mobilidade, mas a metrópole tem criado soluções internacionalmente reconhecidas. Algumas estão previstas no próximo projeto de incentivo à mobilidade do município.

O documento define as medidas a serem implementadas na cidade; boa parte delas já está em andamento, mas outras, como a reformulação do sistema rodoviário, ainda não iniciaram. A conclusão da maioria das obras está prevista para 2023. Confira algumas.

1. Novo aeroporto

O novo aeroporto internacional em Navi Mumbai terá capacidade para 60 milhões de passageiros por ano. (Fonte: Shutterstock)
O novo aeroporto internacional terá capacidade para 60 milhões de passageiros por ano. (Fonte: Shutterstock)

O Aeroporto Internacional de Chhatrapati Shivaji (CSI) é o segundo maior da Índia. Localizado no coração da cidade, ele não suporta o fluxo de passageiros que desembarcam diariamente por lá. É por isso que as autoridades estão construindo um novo aeroporto em Navi Mumbai, subúrbio no continente a leste da metrópole.

Quando finalizado, terá capacidade para receber 60 milhões de passageiros por ano. A construção já está em andamento e está prevista para ser finalizada em 2023. Um dos destaques desse empreendimento será a modernidade, já que todo o seu projeto parece muito futurista.

2. Portos, balsas e pontes

As linhas marítimas terão grande importância na mobilidade de Mumbai. (Fonte: Shutterstock)
As linhas marítimas terão grande importância na dinâmica da cidade. (Fonte: Shutterstock)

A cidade indiana possui um dos maiores e mais movimentados portos do mundo, responsável por 70% de toda a atividade portuária do país. É por isso que o projeto de incentivo à mobilidade dá uma atenção especial ao desenvolvimento dos portos. Além da modernização dos dois principais portos da região, novas balsas de longa distância serão utilizadas para facilitar o transporte de veículos entre a ilha e o continente.

Novas pontes também serão erguidas para fazer a ligação entre essa cidade e o subúrbio no continente – projeto justificado especialmente por conta do novo aeroporto que está em construção.

Como diversificar opções de deslocamento? Participe desse debate no Summit Mobilidade Urbana 2020. É online e gratuito.

Uma delas, a Mumbai Trans Harbor Link (MTHL), com seis pistas e 21,8 quilômetros de extensão, será considerada a ponte marítima mais longa da Índia quando estiver finalizada, entre 2021 e 2022.

O Versova-Bandra Sea Link (VBSL), estruturado para ligar dois pontos no lado ocidental da metrópole, também está em construção e deve entrar em funcionamento em 2023. Essa ponte de ligação marítima terá oito pistas e 17 quilômetros de extensão, ajudando a criar novos fluxos para a circulação na cidade.

3. Ampliação do metrô

O metrô, a linha férrea e o monotrilho serão ampliados em Mumbai. (Fonte: Shutterstock)
O metrô, a linha férrea e o monotrilho serão ampliados na cidade. (Fonte: Shutterstock)

A Ferrovia Suburbana da cidade, fundada em 1853, é considerada a linha pendular mais antiga da Ásia; conta com 465 quilômetros de extensão e atende diariamente 8,5 milhões de pessoas. Outro projeto de incentivo à circulação tem como foco a modernização e a ampliação dessa linha ferroviária até o final de 2021, um componente crucial para desafogar as ruas abarrotadas.

Conheça mais sobre a mobilidade urbana ao redor do mundo

O metrô, inaugurado em 2014, também será ampliado. Atualmente, a linha suspensa possui 11,4 quilômetros, mas três novas linhas serão adicionadas até 2021, ajudando a conectar as várias áreas populosas de Mumbai.

Além disso, o monotrilho da cidade passará por mudanças que também só serão entregues em 2021. Uma nova linha, em construção no momento, acrescentará 10,6 quilômetros aos já existentes 8,9 quilômetros desse meio de transporte.

4. Sistema rodoviário e passarelas

Mumbai possui a maior rede de passarelas do mundo, com 17 quilômetros de extensão. (Fonte: Shutterstock)
A cidade possui a maior rede de passarelas do mundo, com 17 quilômetros de extensão. (Fonte: Shutterstock)

A melhoria no sistema rodoviário, também prevista no plano municipal, trará maior conexão com as ligações marítimas e as planejadas ampliações em metrô, sistema ferroviário e monotrilho. A Eastern Freeway, estrada que está em construção, tornará mais rápida a viagem entre as partes sul e leste da cidade. A via inclui elevados, viadutos e túneis por seus 16,8 quilômetros de extensão.

As cidades que são destaques em mobilidade no mundo

Na parte ocidental, a via BMC Coastal Road vai utilizar novos terrenos recuperados, pontes e túneis para conectar o sul ao oeste, via ligação marítima Bandra-Worli. São oito pistas, incluindo duas dedicadas a ônibus municipais, com cerca de 29 quilômetros de extensão, que devem ficar prontas em 2022.

Como todas as grandes metrópoles, Mumbai ainda tem muitos desafios a superar. Congestionamentos gigantescos seguem sendo formados pelas abarrotadas ruas da cidade, e o crescimento populacional aumenta em um nível quase desesperador. Porém, essas iniciativas devem ser elogiadas e com certeza trarão uma nova dinâmica para a cidade nos próximos anos.

Fonte: Municipal Corporation of Greater Mumbai, Urban Mobility Indez, Urban Hub.

Curtiu o assunto? Clique aqui e saiba mais sobre como a mobilidade pode melhorar os espaços.

Gostou? Compartilhe!