Como funciona o carro elétrico?

8 de fevereiro de 2021 4 mins. de leitura
Sem precisar de combustíveis fósseis, o carro elétrico é visto por entusiastas como o automóvel do futuro

Os carros elétricos começaram a ser produzidos na década de 1990, no Japão, e são vistos como a principal alternativa sustentável aos automóveis movidos a combustíveis fósseis, produzidos com petróleo, gás e carvão — recursos naturais não renováveis e que agridem o meio ambiente. 

Já conhece o Estadão Summit Mobilidade Urbana? Saiba o que rolou na última edição do evento.

Atualmente, os carros híbridos, que integram a eletricidade e a combustão, têm sido a alternativa sustentável mais viável para os consumidores. Porém, a expectativa é de que, ainda na década de 2020, o carro elétrico torne os veículos movidos à combustão obsoletos e se popularize no mercado internacional

Vantagens do carro elétrico

A principal vantagem desse tipo de veículo é o fato dele ser sustentável, já que não emite os gases poluentes que causam tantos danos ao meio ambiente. Além disso, é um forte aliado na luta contra a poluição sonora, pois não emite ruídos durante o funcionamento. 

Outra vantagem importante do carro elétrico é o fato de ele ter uma aceleração mais leve do que a habitual, o que facilita bastante a condução do veículo. Logo, a única razão para esse tipo de automóvel não ser um sucesso no mercado é o valor exorbitante para conseguir adquiri-lo.

A ideia é que os preços dos carros elétricos fiquem mais baixos em breve. (Fonte: Shutterstock/PH888/Reprodução)
A ideia é que os preços dos carros elétricos fiquem mais baixos em breve. (Fonte: Shutterstock/PH888/Reprodução)

Tipos de carro elétrico

Existem três tipos de automóveis que se beneficiam de um motor elétrico. O mais popular atualmente é o hybrid electric, que funciona predominantemente a combustível, mas também pode ser movido a energia. 

Grande parte das montadoras do mundo já tem um automóvel híbrido ou um protótipo do veículo. Um detalhe importante é que esse tipo de carro não pode ser carregado em uma fonte de energia.

Carros elétricos impulsionam imóveis com estrutura para recarga

Outro modelo é o plug-in hybrid, que pode funcionar com eletricidade e combustível. Esse veículo, diferentemente do hybrid electric, pode ser carregado em uma fonte de energia e utilizado como se fosse apenas um carro elétrico. 

Para fechar, temos aquele que é visto como o automóvel do futuro: o plug-in electric. Esse é o carro 100% elétrico, que só adquire a energia quando colocado para carregar em uma fonte, sendo também o modelo mais caro que existe atualmente.

As fontes de energia são responsáveis por carregar a bateria do carro elétrico. (Fonte: Shutterstock/buffaloboy/Reprodução)
As fontes de energia são responsáveis por carregar a bateria do carro elétrico. (Fonte: Shutterstock/buffaloboy/Reprodução)

Como funciona um carro elétrico?

Os automóveis do futuro são movidos por uma corrente elétrica, que é trabalhada a partir de quatro mecanismos essenciais nesses veículos: bateria, inversor, motor de indução e sistema de recuperação de energia. 

A bateria é o local onde fica armazenada a energia utilizada para fazer o carro funcionar. Essas baterias funcionam a partir da tecnologia de íons de lítio, que é a mesma aplicada em smartphones, tablets e notebooks. 

A bateria libera uma corrente elétrica pelo carro, que é convertida pelo inversor. Nessa etapa, o mecanismo transforma a corrente contínua em alternada. Depois, é feita a entrega para o motor de indução. 

O motor de indução é o grande responsável pela potência e falta de ruído nos carros elétricos. (Fonte: Shutterstock/Bonuseventus/Reprodução)
O motor de indução é o grande responsável pela potência e falta de ruído nos carros elétricos. (Fonte: Shutterstock/Bonuseventus/Reprodução)

Esse motor tem como base teórica a notória invenção do cientista sérvio Nikola Tesla, muito conhecido pela criação de suas famosas bobinas. O motor de indução recebe a corrente alternada por meio de entradas trifásicas, gerando um Campo Magnético Rotativo (RMF) de quatro pólos. A corrente é induzida nas barras do rotor, fazendo ele girar e, assim, acionar os mecanismos do motor, fazendo o carro se mover. 

Já o sistema de recuperação de energia é uma forma de tornar os automóveis elétricos mais vantajosos e econômicos. Isso porque ele não permite que o veículo desperdice energia em forma de calor. Em vez disso, envia a energia de volta para a bateria por meio da eletricidade. 

Fonte: KBB, Aprenda Engenharia.

Conheça o maior e mais relevante evento de mobilidade urbana do Brasil

Este conteúdo foi útil para você?

93470cookie-checkComo funciona o carro elétrico?