Summit Mobilidade

Quais são as maiores cidades do Brasil?

23 de dezembro de 2022 5 mins. de leitura
Saiba mais sobre as maiores cidades do Brasil e as inovações que as destacam

Conheça o maior evento de mobilidade urbana do Brasil

O Brasil é um país de grandes dimensões, não apenas sob o ponto de vista territorial, mas também quando se leva em conta sua população. Conjuntamente, isso se traduz na diversidade de povos e no fortalecimento de sua riqueza histórico-cultural.

Por sua vez, as grandes cidades do País refletem a complexidade da região em que estão inseridas e, se por um lado apresentam desafios de maior amplitude, por outro, se destacam por maior poder de influência e pioneirismo, sendo palco de diversas iniciativas nos campos tecnológico, energético e ambiental, atraindo investimentos e turistas ao redor do mundo.

Saiba quais são as maiores cidades do Brasil e suas principais características.

1. São Paulo – SP

Pexels
Com a adoção de ciclovias, São Paulo viu o número de ciclistas aumentar de forma gradativa no decorrer da última década. (Fonte: Pexels/Reprodução)

A capital do estado de São Paulo ocupa o posto de cidade mais populosa do Brasil, com 12.396.372 habitantes, segundo a projeção mais recente realizada pelo IBGE, de 2021.

Referência em espetáculos e atrações culturais, São Paulo chama atenção também pela implantação gradual de ciclovias, faixas e corredores exclusivos de ônibus, que permitiram mitigar parte dos problemas de mobilidade enfrentados pela população e incentivar o uso de bicicletas. Tal esforço coordenado elevou o número de ciclistas para 261 mil.

Em 2019, a cidade desenvolveu o selo de acessibilidade digital, visando estimular tanto o acesso facilitado à informação por aqueles que possuem alguma condição especial, quanto estimular que outros sites e portais também contribuam com uma internet mais inclusiva, adquirindo assim o selo que é válido para todo o Brasil.

2. Rio de Janeiro – RJ

Pexels
A mobilidade urbana no Rio de Janeiro é uma das áreas que carece de melhorias, abrindo espaço para a realização de investimentos no setor de transportes. (Fonte: Pexels/Reprodução)

Com 6.775.561 habitantes, a cidade maravilhosa encanta não apenas pelas suas belas praias e paisagens naturais, mas também pelas iniciativas que se mostram pioneiras para a sustentabilidade, e que tendem a mostrar resultados a médio prazo.

Uma delas, disposta no Plano Estratégico (2021-2024) da cidade, se compromete a realizar o plantio de 120 mil mudas de árvores até 2024, além de reduzir até 5% das emissões de gases estufa. Outro objetivo é o de promover melhorias na mobilidade urbana e de expandir a frota de veículos elétricos, destinados ao transporte público municipal, de modo que correspondam a 20% da frota até o final deste período.

3. Brasília – DF

A inovação faz parte do processo de construção da cidade de Brasília. (Fonte: Unsplash/Reprodução)

A capital do país, situada no Distrito Federal, é a terceira cidade mais populosa do País, com 3.094.325 habitantes. Fruto de um processo de construção planejada, a localidade se destaca por oferecer diversas áreas de lazer, além de ser referência em arquitetura e um Patrimônio Cultural da Humanidade, com a maior área tombada do planeta, de 112,25 km² de extensão.

Um de seus pilares é a inovação, com a fomentação de projetos que a tornam referência. Para isso, a cidade conta com o desenvolvimento do Parque Tecnológico de Brasília – BioTIC, espalhado numa área de 95,9 hectares, que já possui alguns lotes entregues. O objetivo é atrair investimentos de empresas, startups e empreendedores, estimulando projetos de pesquisa de instituições e promovendo benefícios para a sociedade.

Leia também:

4. Salvador – BA

A incidência solar em Salvador a coloca como um dos locais com capacidade expressiva de geração de energia fotovoltaica. (Fonte: Pexels/Reprodução)

Consagrada como a primeira cidade brasileira, fundada em 1549, Salvador, hoje possui 2.900.319 habitantes e é uma das maiores cidades do Brasil. Além de praias exuberantes, a capital da Bahia é destaque na produção de energia renovável.

Por meio do programa Salvador Solar, a prefeitura da cidade oferece incentivos fiscais, com descontos no IPTU e ISS, visando tornar mais barata a adoção da energia solar, tanto nos domicílios quanto no comércio. Promover a formação de mão de obra qualificada para atuar nesse setor estratégico também é um dos planos que estão sendo executados para estimular o uso da energia solar.

5. Fortaleza – CE

Uma das maiores cidades do Brasil, Fortaleza aposta no fortalecimento industrial e no desenvolvimento de sua mobilidade urbana. (Fonte: Unsplash/Reprodução)

A presença de paisagens exuberantes não é o único destaque da capital cearense, que é uma das referências em mobilidade no País, tendo mais de 287,4 quilômetros de ciclovias entregues.

Com uma população estimada de 2.703.391 habitantes, Fortaleza também é um forte polo da indústria têxtil, se caracterizando como inovadora ao propor tendências e a contribuir com o fortalecimento da moda sustentável.

Além da confecção de vestimentas, roupas de cama e tecidos, são produzidos na cidade importantes itens de aplicação técnica, como cintos de segurança e airbags, consolidando Fortaleza como uma das maiores produtoras no ramo têxtil e reforçando seu potencial econômico.

Quer saber mais? Confira aqui a opinião e a explicação de nossos parceiros especialistas em Mobilidade.

Fonte: Cidades Sustentáveis, IBGE, Prefeitura do Rio de Janeiro, BioTIC, Prefeitura de Salvador, Cidades Sustentáveis

158090cookie-checkQuais são as maiores cidades do Brasil?