Summit Mobilidade

Aniversário de Brasília: 3 curiosidades da cidade

21 de abril de 2023 4 mins. de leitura
Brasília completa 63 anos em 21 de abril. Saiba mais da capital do Brasil

Em 21 de abril, a cidade de Brasília completa 63 anos. Capital do País, ela é responsável por ter provocado importantes transformações, ampliando a participação econômica da Região Centro-Oeste. A data da inauguração foi escolhida para que Juscelino Kubitschek cumprisse a promessa que fez e com o feriado de Tiradentes, nome histórico considerado herói da República.

A proposta de planejamento urbano levou em consideração a ideia de propor um novo começo para o País, indo além de promover a interiorização do Brasil. Confira, agora, três curiosidades da história e da construção da cidade.

1. Brasília é Patrimônio Cultural da Humanidade

Planejamento de Brasília considerou a geografia local, oferecendo visão única. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Brasília tem a maior área tombada do mundo, com 112,25 quilômetros quadrados, sendo considerada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) um Patrimônio Cultural da Humanidade desde 1987. A distinção diz respeito à presença de monumentos e obras com grande valor histórico, sendo fruto de um projeto que marcou o urbanismo moderno no Brasil.

Entre as obras mais famosas, assinadas por Oscar Niemeyer, estão a Catedral Metropolitana, o Palácio do Itamaraty e a sede dos Três Poderes.

2. Concurso definiu qual projeto seria o escolhido para a construção

Brasília foi inaugurada em 21 de abril de 1960. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Enquanto a mudança da capital do Brasil para o interior foi considerada nos 150 anos anteriores ao surgimento de Brasília, a escolha do plano-piloto da cidade se deu por meio de um concurso realizado durante o governo de Juscelino Kubitschek, sendo Lúcio Costa o vencedor.

A cidade, que tem grande área com formato que lembra um avião, sob o ponto de vista arquitetônico, representa a modernização. Composta de quadras numeradas, Brasília se destaca também pela ausência de esquinas, facilitando a localização.

Ainda assim, o projeto da capital nacional não previu o quão intenso seria o crescimento dela. O plano original previa uma população de 500 mil habitantes em 2000, valor que foi superado anos antes. Hoje, com 2.923.369 habitantes, é a terceira cidade mais populosa do Brasil, conforme aponta a prévia do Censo IBGE 2022.

Leia também:

3. Cidades-satélites surgiram antes de Brasília

Décadas após a inauguração de Brasília, cidades-satélites ganharam autonomia, afastando-se do conceito originalmente previsto no plano-piloto e fazendo que a nomenclatura perdesse uso. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Em meio ao processo de construção, as chamadas cidades-satélites surgiram antes mesmo que Brasília fosse inaugurada, sendo um reflexo direto da migração populacional ocorrida na região para que fosse empregada a mão de obra na construção da cidade. Décadas depois, a nomenclatura deixou de ser usada, em virtude da maior independência desenvolvida nas localidades próximas.

Assim como quem atuou no planejamento, os operários deixaram marcas, como mostram mensagens escritas no Salão Verde da Câmara dos Deputados, em 1959, e que foram descobertas anos depois. Uma delas expressava forte desejo de avanços: “Que os homens de amanhã que aqui vierem tenham compaixão dos nossos filhos e que a lei se cumpra”.

Fonte: Arquivo Nacional, Governo Federal, Senado, Estadão

174740cookie-checkAniversário de Brasília: 3 curiosidades da cidade