Summit Mobilidade

Como abordar questões ligadas a mobilidade urbana em sala de aula?

12 de abril de 2023 3 mins. de leitura
É possível engajar estudantes em temáticas importantes utilizando diferentes abordagens

Abordar os principais conceitos e fenômenos que envolvem a mobilidade urbana é essencial para uma educação de qualidade não apenas por ser um dos assuntos que aparecem em vestibulares, mas também porque a compreensão dos temas ligados a esse universo são importantes para a tomada de decisões na vida adulta, passando pela escolha do local e do tipo de moradia e abrangendo até mesmo o tipo de transporte utilizado.

Em cada uma das temáticas relacionadas, aspectos que envolvem os impactos ambientais são considerados e devem ser tratados em todo o curso da vida escolar. Pensando nisso, ao realizar a abordagem, além do enfoque ao contexto histórico brasileiro e do mundo, é necessário trabalhar os desafios atuais e as perspectivas para o futuro.

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Por meio da educação, é possível mostrar como se relacionar de forma mais consciente com o espaço e contribuir para uma sociedade mais inclusiva. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Explorando diferentes abordagens na aprendizagem

Quando nos voltamos para a questão da segurança no trânsito, por exemplo, a presença da mobilidade urbana no currículo escolar se mostra como um meio prático de reduzir o número de acidentes que provocam milhares de vítimas anualmente, indo além das questões que tratam do crescimento desenfreado das cidades e dos problemas de congestionamento.

Naturalmente, é importante buscar formas de discutir em sala quais impactos podem ser percebidos e quais soluções poderiam ser apontadas, desenvolvendo o senso crítico. Adotar recursos de gamificação, ou ludificação, na aprendizagem também pode ser um caminho interessante para melhor consolidar o conhecimento nos alunos.

Além de jogos de perguntas e respostas, entrevistas e atividades artísticas são capazes de promover o engajamento entre estudantes e atrair o interesse para temas mais complexos.

Leia também:

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Abordar a mobilidade urbana em sala de aula pode contribuir para o desenvolvimento do senso crítico de estudantes. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Riqueza de temas no universo da mobilidade urbana

A acessibilidade também merece destaque especial em sala de aula, o que dá espaço para diversas dinâmicas serem realizadas e até para que excursões possibilitem aos alunos ter uma nova forma de contato com os ambientes. A compreensão dos cenários, a partir disso, fica reforçada, sendo fundamental para que os jovens, desde cedo, consigam identificar como são impactados e como podem contribuir para uma sociedade mais inclusiva.

A prefeitura de Porto Alegre (RS), por exemplo, em busca de atender às metas de desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU) presentes na Agenda 2030, tem oferecido cursos online ao público e a motoristas, além da realização de ações educativas por meio da Escola Pública de Mobilidade Urbana. Nas escolas infantis, são apresentadas peças de teatro que promovem a conscientização sobre o trânsito.

A iniciativa mostra como, por mais que os conteúdos possam ser transmitidos com maior aprofundamento nos Ensinos Fundamental e Médio, a abordagem nos primeiros anos escolares ajuda a desenvolver desde cedo o senso de coletividade nas crianças, além de ter papel importante na formação de hábitos que deverão estar presentes na vida adulta.

Fonte: Estadão, Prefeitura de Porto Alegre

174210cookie-checkComo abordar questões ligadas a mobilidade urbana em sala de aula?