Summit Mobilidade

São Luís, capital do Maranhão, completa 411 anos hoje

8 de setembro de 2023 4 mins. de leitura
Para não deixar a data passar em branco, saiba mais da história da cidade.

O surgimento de São Luís não se deu como observado na maioria das cidades brasileiras. Isso porque ela foi fundada pelos franceses em 08 de setembro de 1612. Entretanto, três anos depois desse evento, os portugueses expulsaram os povos fundadores de lá após vencerem a batalha de Guaxenduba.

Mais adiante, em 1641, os holandeses passaram a adquirir o controle da cidade até 1645, o que explica a presença de diferentes influências no local ainda hoje. Assim, em meio aos seus 411 anos de história, a cidade desenvolveu diversas características marcantes, destacando-se na culinária, no turismo, e na arquitetura, indo muito além de ter uma posição geográfica particular.

Por conta disso, vale começar lembrando que, assim como Florianópolis (SC) e Vitória (ES), São Luís é uma capital de estado brasileiro localizada dentro de uma ilha. E mais do que isso, ela é detentora de um litoral que apresenta grande recuo das marés ao longo do dia. Ou seja: a visão da faixa de areia no começo da tarde é bem diferente de como ela se apresenta no final do dia, com uma variação que pode causar espanto nos visitantes desavisados.

(Fonte: Getty Images/Reprodução)
Ao longo da história, São Luís foi dominada pelos povos franceses, holandeses e portugueses. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

A cidade dos azulejos

Com boa parte das construções datadas tanto do período colonial quanto do império, o centro histórico da cidade de São Luís é um destino obrigatório de quem passa por lá. Em meio às suas ruas de paralelepípedos, há centenas de imóveis com fachadas repletas de azulejos portugueses, que remetem aos primeiros anos da sua história.

Além de ter ganhado fama por isso, atraindo turistas de todo o mundo, São Luís ainda é mundialmente reconhecida como um dos Patrimônios Culturais Mundiais pela Unesco desde 1997. Ao todo, há cerca de quatro mil imóveis tombados.

Ao longo do século XIX, a atual capital do estado do Maranhão esteve entre as cidades mais populosas do Brasil; hoje ela já apresenta uma população estimada de 1.037.775 habitantes (2022). Além de ter ficado conhecida como a cidade dos azulejos, São Luís já foi a cidade dos bondes até o século passado.

Porém, hoje, na ausência de outros modais, o rodoviário predomina, de modo que por lá congestionamentos e problemas que afetam a mobilidade urbana também sejam presentes no dia a dia.

Leia também:

Reflexos da arquitetura europeia seguem vivos em São Luís (Fonte: Getty Images/Reprodução)
Reflexos da arquitetura europeia seguem vivos em São Luís. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Por dentro da Mobilidade Urbana em São Luís

A mobilidade urbana é afetada porque, além da ausência da cobertura da malha ferroviária, quando consideramos que as linhas existentes na região atuam apenas no transporte de cargas, segundo um estudo publicado pelo Mobilize em 2022, São Luís trata-se da cidade com uma das menores coberturas cicloviárias do País, com apenas 36 km de extensão.

Para ligar a capital ao resto do estado, a cidade conta com um serviço de ferry boat — alvo de reclamações em virtude da má qualidade oferecida, ainda segundo o levantamento realizado. Em 2012, uma tentativa de implantar o VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) na cidade foi deixada de lado antes que o modal ultrapassasse os 800 metros de cobertura.

Esse fato, somado à conjuntura da cidade, deixa entrever parte dos impactos da ausência de planejamento no campo da mobilidade urbana. Dessa forma, ainda hoje se faz presente a necessidade de investir em diferentes meios e de promover melhorias na qualidade do transporte público já oferecido, reduzindo, assim, a demanda que fica concentrada nos ônibus da cidade.

Fonte: IPHAN, Mobilize

194760cookie-checkSão Luís, capital do Maranhão, completa 411 anos hoje