Summit Mobilidade

Motos esportivas: 6 pontos para considerar antes de comprar uma

27 de abril de 2023 5 mins. de leitura
Motos esportivas são o sonho de consumo de muitos motociclistas, mas não são indicadas para qualquer uso

Assim como os carros, as motos são divididas em categorias, e cada tipo tem especificidades e desempenho melhor para diferentes formas de uso. Um dos tipos mais procurados por motociclistas, entusiastas e colecionadores são as motos esportivas.

Com cada detalhe pensado para alcançar altos níveis de desempenho, as motos esportivas captam o imaginário de milhões de pessoas que querem alcançar o máximo de velocidade enquanto estão bem perto do chão.

O que faz uma moto ser realmente esportiva? Vamos entender quais são os elementos que categorizam uma moto como esportiva, além de oferecer dicas para você escolher a ideal.

Kawasaki Ninka é uma das motos esportivas mais populares do mundo. (Fonte: WikimediaCommons/Reprodução)
Kawasaki Ninja é uma das motos esportivas mais populares do mundo. (Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

O que são motos esportivas?

As motos esportivas são pensadas em detalhes para alcançar o máximo de velocidade. Para isso, alguns efeitos colaterais acabam acontecendo, e elas acabam não sendo muito conhecidas pelo conforto. Isso acontece principalmente porque a aerodinâmica exige que o piloto fique na posição carenada, ou seja, inclinado para a frente com o peito próximo ao tanque. Assim, a resistência do vento é diminuída, e todo o conjunto pode ter melhor fluxo na pista.

Outro elemento importante para as esportivas é reduzir o peso e o distribuir da melhor maneira possível. Por isso, peças mais leves são utilizadas, como carenagens e quadros, muitas vezes produzidos em alumínio. Além disso, pneus mais largos são necessários para comportar a potência dos veículos.

Normalmente, as motos esportivas têm motor de pelo menos 300 cilindradas, podendo chegar a 1.200, bem distante das cinquentinhas, na qual a maioria dos motociclistas começa a aprender. Por isso mesmo, exigem mais cuidado e atenção, não sendo indicadas para iniciantes.

A seguir, confira seis pontos a serem considerados antes de comprar uma esportiva.

1. Atenção para onde pretende usá-la

Motos esportivas têm uso indicado para ruas bem asfaltadas, com pneus exclusivos para ruas pavimentadas. O caráter competitivo não reage bem em terrenos acidentados, por isso ela não é apropriada para uso em estradas rurais e, menos ainda, para trilhas.

Motos esportivas e sua vocação para competições. (Fonte: WikimediaCommons/Reprodução)
Motos esportivas e a vocação para competições. (Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

2. Quando vai usar?

A posição de pilotar pode ser desconfortável, principalmente em longas viagens. Por isso, se você quer uma moto para usar rotineiramente em trajetos longos ou engarrafados, a esportiva não é a mais indicada.

Leia também:

3. Qual é seu nível de experiência?

Além da posição de pilotar, o peso e o tamanho das superbikes podem tornar a experiência bastante frustrante, principalmente para quem está começando. O ideal é partir para uma esportiva depois que você já teve outras motos e alguns anos de experiência.

Motos esportivas têm alto desempenho, o que significa que leves toques nos comandos causam muita aceleração. É preciso ter cuidado e, novamente, experiência antes de se aventurar nas esportivas.

4. Qual é seu objetivo?

Motos esportivas são grandes e exigem mais atenção na hora de dividir o espaço com carros e outras motos no trânsito. Além disso, não é tão fácil estacioná-las, já que ocupam mais espaço nas vagas e chamam a atenção. Então, ao considerar comprar uma moto esportiva, leve em consideração se ela cabe na sua rotina e o quanto você precisará adaptá-la.

5. Atenção para o consumo

Com todo o projeto voltado para desempenho e altas velocidades, as motos esportivas consomem bem mais combustível do que as concorrentes mais “city friendly”. Modelos de 1.000 cc e potência de 200 cavalos chegam a rodar 12 quilômetros por litro, uma marca considerada ruim para motos. Então, novamente, atente-se para uso que será feito do veículo.

6. Atenção com os custos

As motos esportivas têm custo mais elevado do que a maioria das categorias, variando de acordo com os modelos. Então, o ideal é garantir que o investimento vai ser revertido em tempo de uso. Certifique-se de que as características citadas não serão um impeditivo para você aproveitar ao máximo a moto.

Uma boa notícia é que carenagem ajuda a proteger o motor, então as esportivas têm um custo de manutenção menor do que as motos de alto desempenho sem carenagem, com as naked.

Ainda tem interesse?

As motos esportivas exigem uma série de cuidados para se obter os melhores benefícios. Para quem deseja testar antes de comprar uma, já existem estabelecimentos que oferecem aluguel de motos esportivas. É uma boa maneira de experimentar se essa categoria realmente é vantajosa para suas necessidades.

Fonte: Estadão, Moto Atacama, Chaves na Mão, Revista Pro, Motos 2023, Ducati Campinas, qcveículos

177290cookie-checkMotos esportivas: 6 pontos para considerar antes de comprar uma