Summit Mobilidade

Cidade mais antiga do Brasil, São Vicente completou 491 anos

26 de abril de 2023 3 mins. de leitura
Fundada pelo navegador português Martim Afonso de Sousa em 1532, a cidade mais antiga do Brasil está localizada no litoral de São Paulo

Historiadores estimam que as terras brasileiras foram “descobertas” em 22 de abril de 1500; portanto, hoje, com 522 anos, o País guarda milhares de municípios nos 27 Estados que compõem as unidades federativas. Entre eles está a cidade mais antiga do Brasil: São Vicente, no litoral sul de São Paulo, vizinha de Santos. E ela completou 491 anos em 22 de janeiro de 2023.

Conheça, a seguir, aspectos históricos e culturais do local.

Saiba mais da cidade mais antiga do Brasil: São Vicente, em São Paulo

O nome da cidade mais antiga do Brasil foi dado pelo navegador português Gaspar Lemos, em 1502. À época, ele passou pelas terras homenageando o santo católico São Vicente Mártir e batizando o local com esse nome.

A cidade foi oficialmente criada em 1532. Isso se deu porque havia navios franceses tentando atracar em terras brasileiras, o que não aconteceu na região, mas sim em São Luís, no Maranhão. Em razão disso, a Coroa Portuguesa, então liderada pelo rei Dom João III, achou por bem determinar uma expedição ao local para colonizar as terras. Mais de 400 pessoas, lideradas pelo navegador português Martim Afonso de Sousa, dirigiram-se até lá.

Os homens partiram de Portugal em 1530 e, depois de percorrerem todo o litoral brasileiro, do Nordeste até a Região Sudeste, finalmente chegaram próximo à cidade, em 20 de janeiro de 1532. Porém, devido ao mau tempo, desembarcaram apenas dois dias depois. Souza preferiu manter o nome dado à cidade 30 anos antes, mas incluiu a alcunha de Vila ao lugar, que por um bom tempo foi chamado de Vila de São Vicente.

Para além dos colonizadores que lá desembarcaram, os primeiros moradores portugueses da cidade foram Antonio Rodrigues, João Ramalho e Mestre Cosme Fernandes.

Marco Padrão, monumento erguido no canto da Praia de Gonzaguinha em 1933 para comemorar os então completos 400 anos da cidade.
Marco Padrão, monumento erguido no canto da Praia de Gonzaguinha, em 1933, para comemorar os 400 anos da cidade.

Leia também:

São Vicente já foi chamada de “Ilha de Gohayó”

Fato é que já existiam pessoas na região, bem como em outras partes do Brasil. Historiadores estimam que os primeiros moradores do local eram da tribo indígena dos tapuias que, tempos depois, foram expulsos pelos tupis-guaranis, partindo em direção ao interior do País. Antes de se tornar São Vicente, a ilha era chamada de Gohayó pelo povo tapuia.

Perfil demográfico de São Vicente

A cidade mais antiga do Brasil pertence à região metropolitana da Baixada Santista. Estima-se que existam em São Vicente cerca de 370 mil habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar disso, o último censo realizado em 2010 registrou oficialmente 332.445 vicentinos.

É considerada a segunda cidade mais populosa da região, ficando atrás apenas de Santos. A maior parte da população tem entre 10 anos e 29 anos, com baixo percentual de idosos. A remuneração média mensal dos trabalhadores formais é de 2,4 salários mínimos. O nível de escolaridade de pessoas com 6 anos a 14 anos é de 96,7%, de acordo com o IBGE. A economia local é mantida, sobretudo, pelo comércio de itens diversos.

O maior e mais relevante evento sobre o futuro da mobilidade no Brasil, o Estadão Summit Mobilidade, já tem data para ocorrer em 2023: 31 de maio. As inscrições estão abertas. Saiba mais!

Fonte: Prefeitura Municipal de São Vicente, Estadão, RTP Ensina, Funai, IBGE

176950cookie-checkCidade mais antiga do Brasil, São Vicente completou 491 anos