Summit Mobilidade

Sociologia urbana: descubra o significado desse conceito

7 de junho de 2023 5 mins. de leitura
A sociologia urbana é um dos ramos sociológicos que observa como as pessoas utilizam e convivem nos espaços urbanos. Entenda mais sobre este e outros conceitos

A forma como as pessoas se relacionam nas cidades é um dos focos de atenção da chamada sociologia urbana. Confira a seguir qual é o significado deste termo, além de outros, como transformação urbana, identidades urbanas, comportamento urbano, espaço público, política urbana e desigualdades urbanas.

Leia também:

Qual é o significado de sociologia urbana?

Como o próprio nome sugere, a sociologia urbana é um dos ramos da sociologia que se ocupa em analisar como ocorre a relação das pessoas nas cidades. Também é um dos papéis deste movimento científico entender como são planejados e estruturados os espaços urbanos.

Ou seja, tudo aquilo que molda e interfere no cotidiano social em uma cidade é um possível objeto de análise da sociologia urbana. Políticas públicas, operações econômicas e manifestações sociais em geral fazem parte do escopo de estudo deste ramo científico.

O conceito de sociologia urbana surgiu com a ascensão dos professores e pesquisadores que compõem a chamada Escola de Chicago. Fazem parte da lista o filósofo polonês Florian Znaniecki, o sociólogo alemão Louis Wirth, o também sociólogo canadense Ernest Burgess, o sociólogo norte-americano Everett Hughes, entre outros.

Ao longo do século XX, uma série de estudiosos que, em algum momento, tiveram um vínculo com a Universidade de Chicago passaram a ter como foco de estudo as pesquisas etnográficas e a sociologia urbana.

A sociologia urbana analisa, entre outros fatores, o surgimento das grandes metrópoles e das favelas; o aumento da violência urbana; o crescimento da população, entre outros. Este ramo científico engloba uma série de outros conceitos, que serão apresentados a seguir.

O que é entendido como espaço público?

O termo, descoberto em 1977, diz respeito a todo local utilizado por qualquer pessoa. Geralmente, são espaços administrados pelo Poder Público, nas esferas municipal, governamental ou federal.

Praças, escolas e parques são exemplos de espaços públicos. Neles, as pessoas praticam atividades de lazer e manifestações culturais, políticas e econômicas.

O que é transformação urbana?

Já a transformação urbana também corresponde a um dos focos de atenção da sociologia urbana. Ela diz respeito a qualquer tipo de mudança que ocorra nas cidades e na forma como as pessoas se organizam nela. Entre os tipos de transformação urbana, estão:

  • transformação digital e a inclusão de Tecnologias da Informação (TICs) e Internet das Coisas (IoT) para facilitar a vida nas cidades;
  • transformação sociocultural, com a diversidade étnica e de gênero;
  • transformação demográfica, pelo aumento populacional versus a existência de uma população cada vez mais longeva;
  • transformação ambiental, que se dá através dos usos do meio ambiente, inclusive sua degradação pela ação humana;
  • transformação laboral, que compreende as novas formas econômicas de subsistência.
Diversas formas de transformação social também integram a chamada sociologia urbana. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

O que são as identidades urbanas?

Assim como cada pessoa tem um documento com nome, filiação, data e local de nascimento, também existe a identidade urbana. É relacionada ao lugar onde a pessoa habita ou vive, segundo as autoras Ada Raquel Teixeira Mourão e Zulmira Áurea Cruz Bomfim, que discutem o conceito no livro “Temas básicos em Psicologia Ambiental” (2011).

E o que as identidades urbanas têm em relação com a sociologia urbana? A forma como os indivíduos se relacionam com outras pessoas a partir da sua identidade urbana também faz parte deste campo de estudo.

Como é definido o comportamento urbano?

Outro fator analisado é o do comportamento urbano, que diz respeito à forma como as pessoas agem, de acordo com os espaços em que ocupam e as identidades que desempenham.

Ou seja, para cada espaço público, um certo tipo de comportamento é exigido. Isso também passa pela existência e cumprimento de leis relacionadas à organização social, aos direitos e deveres dos cidadãos, entre outros mecanismos que organizam a vida em sociedade.

O que é política urbana?

O comportamento de cada pessoa também está ligado à política urbana. Ela diz respeito não somente ao desenvolvimento social nas cidades, mas também à forma como elas são planejadas e geridas.

Esferas como a União, os municípios e Estados, bem como seus representantes, são os responsáveis por definir e legislar políticas urbanas, executadas para planejar os espaços públicos urbanos.

Quando é realizado o planejamento urbano, é possível prever, por exemplo, o teto orçamentário para executar obras e serviços, assim como evitar o crescimento desordenado das cidades.

O que são as desigualdades urbanas?

Por sua vez, pensar nas políticas urbanas também pode prevenir o aparecimento ou o aumento das desigualdades urbanas. Elas podem ocorrer quando nem todos têm acesso à infraestrutura ou aos serviços públicos, importantes para uma convivência saudável nas cidades.

Quando determinados grupos não conseguem ter acesso às políticas ou fazer uso dos espaços urbanos, ocorrem as desigualdades, que devem ser combatidas para que toda a sociedade possa ter acesso ao bem-estar urbano.

Fonte: Café com Sociologia, Revista do Núcleo de Antropologia Urbana da USP, Revista PSI UERJ, Andus Brasil, Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Revista Sociologias UFRGS

185260cookie-checkSociologia urbana: descubra o significado desse conceito