Por que os abrigos de ônibus são importantes?

23 de junho de 2022 4 mins. de leitura
Abrigos de ônibus garantem a segurança e o conforto de passageiros; entenda melhor essa função

Conheça o maior evento de mobilidade urbana do Brasil.

Pensar em mobilidade é refletir sobre todo o trajeto que uma pessoa faz em seu deslocamento diário pela cidade. Como no Brasil a maior parte dos transportes públicos é integrada por ônibus, uma fração significativa do dia dos cidadãos é passada em pontos ou abrigos de ônibus.

Apesar da importância desses espaços, onde milhares de pessoas fazem novas conexões ou esperam um transporte, muitas cidades têm pontos precários, sem proteção contra as intempéries climáticas, segurança ou lugar para se sentar.

A importância dos abrigos de ônibus

Diferentemente dos pontos de ônibus, que podem ser indicados apenas por uma sinalização vertical, os abrigos de ônibus oferecem uma estrutura de proteção e conforto ao passageiro enquanto ele espera o transporte.

Em um país continental como o Brasil, muitas cidades estão sujeitas às mais diferentes condições climáticas que envolvem sol, calor intenso e fortes pancadas de chuva. Ter uma estrutura de abrigo e proteção para os passageiros é uma forma de qualificar o serviço de transporte.

Soluções simples ns abrigos de ônibus podem proteger passageiros e dar espaço para publicidade, gerando receita para os municípios. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Soluções simples nos abrigos de ônibus podem proteger passageiros e dar espaço para publicidade, gerando receita para os municípios. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Além de abrigos de ônibus, toda a infraestrutura da cidade influencia em uma boa experiência de mobilidade urbana, por isso é importante que calçadas, ruas e meios-fios estejam em bom estado. Isso garante a segurança de todos, mas principalmente de quem tem a mobilidade comprometida, como idosos e pessoas com dificuldade de locomoção.

Leia também:

Diretrizes para os abrigos de ônibus

No Brasil, os municípios são os responsáveis pelos projetos dos pontos de ônibus. Muitas vezes, empresas privadas gerenciam o transporte por meio de licitações, havendo disputas sobre de quem é a responsabilidade pela manutenção e pelas melhorias nos pontos dos ônibus.

Para tentar regulamentar e manter a qualidade dos pontos de ônibus de todo o País, o Ministério do Desenvolvimento Regional lançou um caderno de sugestões. Entre as diretrizes estão:

  • largura mínima de 2,4 metros;
  • estações com estrutura adequada a pessoas com mobilidade reduzida;
  • aterramento elétrico para garantir a segurança dos passageiros;
  • proteção contra intempéries, assentos ou bancos, lixeiras e iluminação.

Outros órgãos apontam mais medidas que podem tornar a vida de quem usa os pontos de ônibus mais fácil. A Associação Nacional de Transportes Urbanos dos Estados Unidos (Nacto), por exemplo, divulgou em material quais são os principais elementos para um bom abrigo de ônibus.

Esses espaços devem ser bem visíveis, construídos onde não atrapalhem o fluxo de pessoas nas calçadas e oferecer espaço suficiente para os passageiros. Além disso, a travessia pelas ruas deve ser bem sinalizada, garantindo segurança aos usuários.

Exemplo de abrigo de ônibus conhecido como estação tubo em Curitiba. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Exemplo de abrigo de ônibus conhecido como estação-tubo em Curitiba (PR). (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Muitas cidades do Brasil integraram a lógica do ônibus de trânsito rápido (BRT) ao sistema de ônibus comum; assim, alguns abrigos são elevados, permitindo embarque e desembarque de pessoas de modo mais rápido. Cidades que já têm sistema de BRT, como Curitiba (PR) e Rio de Janeiro (RJ), têm abrigos com cobrança de passagem, o que evita que o motorista ou o cobrador precisem manipular dinheiro dentro dos ônibus.

Quer saber mais? Confira aqui a opinião e a explicação de nossos parceiros especialistas em Mobilidade.

Fonte: TransaTransporte, Hora News, Secretaria de Transporte e Mobilidade do DF, Mobilize.

143720cookie-checkPor que os abrigos de ônibus são importantes?