Summit Mobilidade

4 carros que marcaram época antes de sair de linha

13 de janeiro de 2023 4 mins. de leitura
Fabricados nas últimas décadas, modelos se tornaram populares no mercado brasileiro e conquistaram o topo de vendas antes de sair de linha

A história dos carros acaba, muitas vezes, relacionada à vida das pessoas, fazendo que eles sejam considerados muito mais do que uma mera fonte de conforto e praticidade na locomoção, apresentando valor emocional e sendo alvo de colecionadores.

Parte desses carros se caracterizou, inclusive, por ocupar o ranking de mais vendidos por anos, evidenciando o quanto os veículos de entrada foram os preferidos do público por décadas.

Com a linha de produção encerrada, eles deram espaço para a popularização de novos modelos, mantendo vivo o constante processo de transformação do setor que hoje se caracteriza por ter um mercado mais aderente aos utilitários esportivos (SUVs) e ao uso de novas fontes de energia.

Confira, a seguir, quatro modelos que marcaram época, mas saíram de linha.

1. Volkswagen Gol

(Fonte: Volkswagen/Divulgação)
O VW Gol Last Edition, que contou com pintura na cor vermelho sunset, encerra os 42 anos de história do modelo no País. (Fonte: Volkswagen/Divulgação)

Produzido pela primeira vez em 1980, o modelo veio para substituir o Fusca e acabou caindo no gosto do brasileiro ao longo do tempo, ocupando o posto de líder de vendas em 27 anos consecutivos, entre 1987 e 2014. Teve cinco gerações desenvolvidas pela Volkswagen, tornando-se o automóvel mais produzido, comprado e exportado do País.

Em meio ao desenvolvimento de veículos menos poluentes e à crescente adoção de energias limpas, o Gol acabou ficando defasado. O lugar dele será ocupado pelo Polo Track 2023. A última versão do Gol, em 2022, batizada de Last Edition, foi limitada a mil unidades. A última delas foi leiloada em dezembro por R$ 154 mil.

2. Fiat Uno

(Fonte: Stellantis/Divulgação)
A produção do Fiat Uno foi iniciada no Brasil em 1984. (Fonte: Stellantis/Divulgação)

O modelo que ficou famoso pelo apelido “bota ortopédica” teve o anúncio de encerramento pela Fiat em 2021. Com mais de 4,3 milhões de vendas, o veículo teve alguns marcos históricos, sendo um deles em 1990, quando se tornou o primeiro carro com motor de 1 litro do Brasil.

A origem do conceito Uno Ecology propiciou a confecção de peças desenvolvidas a partir da cana-de-açúcar e a presença do teto composto de células fotovoltaicas que permitiam a geração de energia a partir da captura de luz solar. A última edição, chamada de Uno Ciao, teve estoque de 250 unidades exclusivas na cor cinza silverstone.

Leia também:

3. Chevrolet Celta

(Fonte: Chevrolet/Reprodução)
O Celta se popularizou como um modelo compacto e econômico. (Fonte: Chevrolet/Divulgação)

O Celta está no rol de carros que continuaram a movimentar o mercado de veículos usados após terem saído de linha. O modelo, lançado em setembro de 2000, rapidamente se tornou um dos mais vendidos da Chevrolet, sendo julho de 2009 um dos períodos de destaque, com 14.606 unidades emplacadas. Ao longo da história, foram mais de 1,5 milhão de unidades vendidas.

Conhecido por apresentar um bom custo-benefício e ter um desenho moderno que agradava ao público, o carro foi bastante procurado por quem buscava um modelo compacto. No entanto, após o lançamento do Onix, a perda do espaço do veículo se tornou mais evidente, o que pode ter motivado a discreta saída do mercado, ocorrida em 2015.

4. Ford Ka

(Fonte: Ford/Divulgação)
Ford Ka ficou famoso por ser um veículo de entrada com bom custo-benefício. (Fonte: Ford/Divulgação)

O Ford Ka chegou ao Brasil em 1997. Com o tempo, o carro ganhou maior robustez e versatilidade, assumindo versões esportivas e conversíveis, além da compacta, e se tornando um dos automóveis mais vendidos da fabricante. Com o fechamento das fábricas no Brasil, a Ford encerrou o ciclo de um século de história no País.

Isso fez que ele ficasse de fora do ranking de dez veículos mais vendidos em 2021. Os modelos mais populares da marca foram afetados por essa mudança, a exemplo do Ford Ka, que saiu de linha no mesmo ano. Hoje, um carro usado da terceira geração pode ser encontrado à venda a partir de R$ 30 mil.

Fonte: Estadão, Stellantis/Fiat, General Motors

162230cookie-check4 carros que marcaram época antes de sair de linha