Summit Mobilidade

Conheça o projeto que promete revolucionar a mobilidade ativa em Dubai

6 de julho de 2023 3 mins. de leitura
Com a entrega de uma estrada sustentável de 93 quilômetros de extensão, Dubai pretende ampliar a prática da caminhada e do ciclismo

Conheça o maior e mais relevante evento sobre o futuro da mobilidade no Brasil.

Protagonista de muitos dos empreendimentos mais ambiciosos e futuristas do mundo, a cidade de Dubai será alvo de mais um projeto inovador da URB, companhia referência no desenvolvimento de cidades sustentáveis.

Tomando como ponto de partida muito daquilo que pode ser observado nas cidades europeias, onde iniciativas que estimularam a caminhada e o ciclismo se mostraram bem-sucedidas nas últimas décadas, o projeto prevê a entrega de uma estrada sustentável com 93 quilômetros de extensão.

Visando ir além da ampliação da infraestrutura para meios de transporte sustentáveis, o projeto intitulado The Loop pretende estimular a mobilidade ativa para os residentes locais. Com isso, a expectativa é de ampliar a participação desta forma de deslocamento para 80% até 2040.

Estrada com 93 quilômetros de extensão vai priorizar a prática da caminhada e do ciclismo. (Fonte: URB/Divulgação)

The Loop: revolucionando o deslocamento

Por meio da grande oferta de serviços e áreas de lazer integrados, a proposta é a de limitar o tempo de deslocamento entre diferentes locais em até 20 minutos. Para isso, a ciclovia projetada estará disposta no entorno de uma grande área, encurtando a viagem.

A estrada deverá contar com uma infraestrutura que a torne ideal para o trajeto, independentemente das condições climáticas. Assim, a tecnologia será adotada para desenvolver um corredor climatizado, composto por ampla disposição de árvores e coberto por uma camada de vidro.

Leia também:

Espaço climatizado será utilizado para facilitar o acesso a diferentes regiões em Dubai. (Fonte: URB/Divulgação)

Produção de energia renovável é destaque no projeto

Outro destaque se dá pelo recurso adotado para gerar energia renovável, que consiste no emprego das pistas para extrair energia a partir dos passos realizados sobre ela. Além disso, será possível até mesmo contabilizar os passos realizados e quantificar a energia gerada em um dado período.

Ainda segundo a URB, essas pistas seriam compostas por pneus reciclados. Ao pensar na infraestrutura para a produção de alimentos, a inovação também se evidencia. Para tanto, será utilizada água 100% reciclada na irrigação de diferentes cultivos em fazendas verticais.

Inclusive, para estimular a mobilidade ativa entre a população, um aplicativo será adotado para recompensar o tempo de caminhada e pedalada. Em suma, o projeto busca aliar diferentes objetivos ao incentivar a prática esportiva, reduzir a emissão de poluentes em máxima escala e contribuir com modelos sustentáveis que se tornem referência para projetos futuros.

Fonte: URB

191540cookie-checkConheça o projeto que promete revolucionar a mobilidade ativa em Dubai