Summit Mobilidade

5 maneiras de descobrir se uma fábrica de pneus é sustentável

27 de janeiro de 2023 5 mins. de leitura
O reaproveitamento de materiais e o uso de tecnologia de ponta estão entre as ações que tornam a produção de pneus mais consciente

Mesmo que os pneus façam parte do dia a dia, já que são essenciais para grande parte dos meios de transporte, poucas pessoas têm conhecimento dos efeitos da produção deles. Como exemplo, um pneu comum precisa em média de 26 litros de óleo para ser produzido e pode demorar até 600 anos para ser completamente decomposto na natureza.

No intuito de reduzir esses e outros impactos negativos, algumas fabricantes têm adotado medidas para tornar a produção mais verde, contribuindo para o meio ambiente e se tornando uma opção para os consumidores mais conscientes. Listamos cinco maneiras de descobrir se uma fábrica de pneus é sustentável. Confira!

1. Uso de produtos alternativos

(Unsplash/Reprodução)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

Com os avanços nas discussões sobre recursos naturais e questões ambientais, novos produtos vêm sendo utilizados na produção de pneus, como sílica, óleo de laranja e casca de arroz. Por isso, uma das formas de saber se uma empresa do gênero é sustentável é se informando sobre os materiais que são utilizados na fabricação dos pneus — e se eles são considerados alternativos ou não.

Normalmente, as empresas tradicionais de pneus utilizam borracha sintética, borracha natural, derivados de petróleo, poliéster, aço e diversos outros itens. Vale a pena lembrar que ainda não existe nenhum tipo de pneu 100% sustentável e que o uso de novos produtos é apenas um caminho para que a produção se torne cada vez menos nociva ao planeta.

2. Reaproveitamento de pneus

(Unsplash/Reprodução)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

Com uma produção anual tão grande de pneus no mundo, sendo 40 milhões fabricados deles apenas no Brasil, adotar uma política de reaproveitamento do produto é primordial para que ele não vá parar na natureza. Assim, algumas fábricas utilizam pneus velhos para a criação de novos itens ou produtos derivados, como tapetes de automóveis, toldos e até mesmo itens de vestuário, como solas de sapato e bolsas.

Para saber mais dessas ações, é possível consultar o site ou o perfil das marcas nas redes sociais de interesse, a fim de descobrir se elas buscam formas de reaproveitar os próprios produtos.

3. Implementação de alta tecnologia na produção

(Pexels/Reprodução)
(Fonte: Pexels/Reprodução)

O uso de alta tecnologia na produção de pneus permite que as substâncias tradicionais sejam substituídas por novos materiais sem que prejuízos ocorram na qualidade ou na segurança do produto final — pesquisas recentes mostram que os pneus ecológicos têm ainda mais benefícios no longo prazo para os consumidores.

Além disso, o uso de equipamentos tecnológicos contribui para que a empresa faça uma melhor gestão da energia e da água durante as operações, fatores que também devem ser levados em consideração.

Leia também:

4. Promoção de ações sustentáveis

(Unsplash/Reprodução)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

Uma empresa que se preocupa com a questão ambiental tende a promover ações sustentáveis para além do processo produtivo. Como exemplo, mostrar aos funcionários a necessidade de reciclar o lixo dentro e fora do prédio, fomentar políticas para economia de luz e água nos espaços comuns, encontrar formas de tornar o empreendimento mais sustentável com o uso de energia solar ou de água da chuva.

Algumas organizações firmam parcerias com outras que partilham produtos de uso comum, como cooperativas de reciclagem que recebem materiais descartados para dar uma nova finalidade para eles. Além disso, identificar se as empresas divulgam as ações nos canais de comunicação para incentivar o público a mudar as práticas pode ser uma maneira de identificar como a marca lida com essas questões e se posiciona em relação a elas.

5. Símbolos sustentáveis nos pneus

(Unsplash/Reprodução)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

Outra maneira de saber se uma fábrica de pneus é sustentável é observando os adesivos colados no produto. Isso porque, atualmente, existem alguns símbolos que mostram os níveis de ruídos, o consumo de combustível e a resistência ao rolamento.

Na hora da compra, é importante dar preferência para os pneus mais econômicos e, naturalmente, com menor consumo. Isso mostra que o produto foi desenvolvido com o intuito de reduzir a quantidade de gases lançados na atmosfera, além de dar maior economia para o consumidor no longo prazo.

Alguns pneus ainda podem ter símbolos indicando que foram reciclados ou com certificações sustentáveis, como é o caso da Pirelli, que tem um modelo com certificação do Conselho de Manejo Florestal (FSC) pelo uso 100% de borracha natural e rayon.

Quer saber mais sobre mobilidade urbana? Assista aqui à opinião e à explicação de nossos parceiros especialistas sobre diversas pautas ligadas ao tema.

Fonte: Reforma de Pneus, EcoDebate, TopLink, Minuto Seguros, Big Tires, Tem Sustentável

163360cookie-check5 maneiras de descobrir se uma fábrica de pneus é sustentável