Summit Mobilidade

Como diminuir os impactos da poluição do ar na rotina de ciclistas?

28 de fevereiro de 2023 3 mins. de leitura
A preocupação com a qualidade do ar é recorrente entre ciclistas, então confira dicas para atenuar os efeitos da exposição à poluição ao andar de bicicleta

O público que recorre às bicicletas para se locomover encontra na prática não apenas uma forma de manter a atividade física em dia, mas também de contribuir com a redução da emissão de poluentes na atmosfera. Apesar de a presença de partículas nocivas afetar a todos, variando conforme a qualidade do ar, uma pesquisa indica que os benefícios de andar de bicicleta podem ser superiores aos riscos da exposição à poluição.

Realizado por pesquisadores de diversas universidades de prestígio, incluindo a Universidade de São Paulo (USP), o estudo chegou a essa conclusão por meio da análise dos benefícios da prática e do índice de concentração de substâncias nocivas no ar.

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Exposição a poluentes preocupa ciclistas. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Mesmo em locais com quantidade considerável de partículas nocivas, 1 hora e 15 minutos de pedalada recorrente já seria o suficiente para reduzir o risco de mortalidade, de acordo com a pesquisa, constituindo um benefício que supera os danos da exposição à poluição.

A maioria das localidades, mesmo nas grandes cidades, não apresenta cenários tão críticos, o que mantém real a importância de estimular a mobilidade ativa. No entanto, ambientes extremamente poluídos ainda devem ser evitados, já que neles os danos são intensificados.

Para quem procura evitar ao máximo a exposição à poluição ao utilizar a bicicleta no dia a dia, alguns cuidados podem fazer a diferença, como evitar pedalar em áreas com maior fluxo de veículos. Outra alternativa é priorizar o deslocamento em horários em que há menos automóveis nas ruas.

Leia também:

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Benefícios de pedalar são superiores aos danos da exposição à poluição do ar, segundo estudo. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Escolher usar bicicleta em áreas verdes é benéfico tanto do ponto de vista da qualidade do ar quanto sob a ótica de realizar uma atividade física que também proporciona lazer e relaxamento.

A atenção às necessidades básicas, mantendo uma alimentação equilibrada e adotando uma rotina mais saudável, por exemplo, também pode se refletir em benefícios percebidos durante a própria prática do ciclismo, reduzindo o cansaço, aumentando a resistência e a massa muscular, além de auxiliar a saúde mental.

Mas atenção: respeitar os próprios limites e utilizar equipamentos de proteção também é fundamental para evitar lesões e reduzir o risco de acidentes, deixando a pedalada mais segura.

Fonte: Science Direct. City4us

168370cookie-checkComo diminuir os impactos da poluição do ar na rotina de ciclistas?